Seguradora exige 500 mil euros a Sónia Brazão

principal seguradora lesada pela explosão de gás em casa da actriz Sónia Brazão já avançou com um relatório onde quantifica os prejuízos em pelo menos meio milhão de euros. É esse o valor que a companhia irá reclamar à actriz, na acção cível que deverá correr em separado do processo-crime. Há ainda outros prejuízos que não estão quantificados, tanto mais que alguns senhorios já avançaram para as obras. É previsível que os mesmos venham, após a dedução da acusação, mover pedidos cíveis para serem ressarcidos dos prejuízos, o que poderá aumentar substancialmente o valor que a actriz terá de pagar.

O imóvel onde Sónia Brazão morava também ficou visivelmente danificado e o banco que tem a hipoteca do apartamento deverá avançar também com uma acção contra a actriz, uma vez que o andar ficou completamente destruído. As seguradoras de todas as pessoas atingidas pela tragédia, que ocorreu a 3 de Junho, deverão igualmente constituir-se assistentes no processo, de forma a pressionarem a dedução da acusação pública.

Polícia Judiciária já ouviu mais de 50 testemunhas no processo, que está praticamente concluído. Ao que o CM apurou, o relatório final será enviado já no início de Setembro para o Ministério Público. Os inspectores irão propor que Sónia seja acusada do crime de explosão na forma dolosa, arriscando assim uma pena máxima de oito anos de prisão. Embora a PJ acredite que Sónia não tenha tentado matar ou ferir os vizinhos, os inspectores são da convicção de que a actriz tinha consciência de que poderia provocar danos muito graves em terceiros.

A maioria das pessoas até agora ouvidas são vizinhos da actriz, que ficaram afectados com a tragédia. Nenhum dos amigos de Sónia, que garantem que esta não tentou suicidar-se, foi até ao momento interrogado. A actriz poderá, no entanto, arrolá-los como testemunhas de defesa numa fase já mais avançada do processo. A audição de Sónia Brazão, que decorreu anteontem, era fundamental para a PJ encerrar o inquérito. Embora diante da Comunicação Social a actriz tenha assegurado não se lembrar do que aconteceu no dia da explosão, junto dos inspectores mudou de atitude e preferiu remeter-se ao silêncio.

INGERIU ÁLCOOL E COMPRIMIDOS

Para fechar a investigação, a Polícia Judiciária aguarda apenas a chegada do relatório dos exames toxicológicos feitos à actriz, logo após a explosão, no Hospital de S. José, em Lisboa.

CM sabe, no entanto, que o hospital já comunicou à Judiciária, via telefone, o resultado das análises realizadas. No relatório está escrito que a actriz ingeriu álcool e comprimidos em excesso momentos antes da tragédia. Os exames, que não deixaram margem para dúvidas e adensam ainda mais a tese de suicídio, serão uma prova fundamental para uma possível condenação da actriz em tribunal.

Assim que o relatório chegar às instalações da Judiciária, os inspectores poderão concluir finalmente o relatório e enviar uma proposta de acusação para o Ministério Público.

Sónia Brazão terá ingerido os medicamentos e as bebidas logo após ter ligado o gás e momentos antes de se ter deitado na cama. A peritagem feita pelo Laboratório Científico da Polícia Judiciária revelou mesmo que foi a concentração de gás que levou à explosão. Para além dos quatro bicos do fogão, a actriz deixou também o forno ligado. Os relatórios dão, no entanto, como certo que a ignição foi feita pela máquina de lavar roupa, também ligada pela actriz.

O processo não está em segredo de justiça, uma vez que isso não foi solicitado pelo Ministério Público.

"ACEITO A MINHA NOVA IMAGEM"

Apesar de ter sofrido queimaduras em 90% do corpo, Sónia Brazão garante que aceitou bem a sua nova imagem e que não tem medo de se olhar ao espelho. "Aceito a minha nova imagem, cá dentro sou eu e sempre serei", disse a actriz.

FRASES

"Quem é que se mete dentro de uma casa para ficar queimada? Lutei para estar viva, essa é a maior prova."

"Não tentei matar--me. As pessoas gostam muito de falar, infelizmente é assim."

"Os meus vizinhos, que me conhecem bem, estão do meu lado. O resto é gente dali que não conheço."

MORADORES NEGAM CHEIRO A GÁS NO PRÉDIO

A Polícia Judiciária investigou também a tese avançada por alguns amigos da actriz, que garantiam que o cheiro a gás já se sentia no prédio há várias semanas. Sete vizinhos de Sónia foram ouvidos e todos negam tal tese.

Os moradores dos andares contíguos ao da actriz afirmam que nunca detectaram qualquer cheiro e que nunca nenhum técnico de gás foi chamado ao local. Também não há registos nos Bombeiros nem na Polícia.

VIZINHOS SENTEM-SE MAGOADOS

Apesar de garantirem ter pena da actriz, os vizinhos admitem que se sentem muito magoados. Os moradores culpam Sónia pelos estragos causadas nos seus apartamentos e carros e não escondem a revolta.

"Tenho muita pena dela mas sinto uma enorme mágoa. Fiquei sem o meu carro, que me faz tanta falta. O meu seguro não paga, diz que é o da Sónia que tem de pagar", disse Manuela Ferreira, uma moradora.

PORMENORES

FISIOTERAPIA

Sónia Brazão tem feito sessões diárias de fisioterapia no hospital. A actriz afirma que os tratamentos ajudam a pele a ficar mais elástica e a recuperar rapidamente.

PROMESSA À MÃE

A actriz afirma que no hospital prometeu à mãe que iria recuperar rapidamente. Sónia garante que a presença e o apoio da família foram determinantes para a sua recuperação.

CORTOU CABELO

Após a explosão, a actriz teve que cortar o cabelo, de forma a facilitar os tratamentos médicos. Sónia emagreceu dez quilos durante os quase dois meses de internamento no hospital.

TRABALHO

Sónia tem recebido contactos quase diários da SIC, em especial de Júlia Pinheiro, e da TVI. A actriz refere, no entanto, que neste momento não pensa em trabalho e que apenas quer recuperar a sua saúde.

MUITOS CUIDADOS

A actriz não pode estar exposta ao sol e tem de usar creme hidratante durante todo o dia, de modo a ajudar à regeneração da pele. Sónia tem de sair de casa sempre com óculos de sol e um chapéu, de forma a estar bem protegida.

fonte:http://www.vidas.xl.pt/

publicado por adm às 22:23 | favorito