Desemprego ultrapassa 13% e atinge novo máximo histórico

A taxa de desemprego em Portugal agravou-se para 13,2% em Novembro.

Os dados do Gabinete de Estatística Europeu mostram que a taxa de desemprego em Portugal subiu 0,2 pontos percentuais em Novembro. Portugal fica assim na quarta posição do 'ranking' dos países da União Europeia (UE) com a taxa de desemprego mais elevada.

No que toca à zona euro, a taxa permaneceu nos 10,3% em Novembro, enquanto em termos da UE a 27 o valor foi de 9,8%, igual ao de Outubro.

"Face a Outubro de 2011, o número de pessoas desempregadas aumentou em 55 mil na UE, e em 45 mil na Zona Euro", refere o comunicado do Eurostat publicado hoje, acrescentando que, em termos homólogos, registou-se uma subida de 723 mil desempregados na União Europeia e de 587 mil nos países do euro.

As taxas de desemprego mais baixas foram registadas na Áustria (4,0%), indica o gabinete de estatística da UE, no Luxemburgo (4,9%) e na Holanda (4,9%), enquanto a Espanha mantém o estatuto de campeã do desemprego: 22,9%.

Em relação ao desemprego junto dos jovens, este foi de 21,7% na zona euro e de 22,3% na UE, com Espanha também aqui no topo da tabela (49,6%), logo acima da Eslováquia, onde 35,1% dos jovens estão sem trabalho. Portugal ocupa o terceiro lugar do ranking com uma taxa de desemprego entre os jovens de 30,7%.

Por género foram as mulheres que mais sofreram, com o desemprego na zona euro a situar-se nos 10,7% neste grupo, enquanto nos homens ficou pelos 10%.

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 20:39 | comentar | favorito