26
Jul 15
26
Jul 15

Número de beneficiários de subsídios de desemprego abaixo de 267.000 e em mínimos de 2003

O número de beneficiários de apoios em situação de desemprego voltou a cair em junho, para 266.907 pessoas, sendo preciso recuar até novembro de 2003 para encontrar um valor mais baixo, segundo a Segurança Social.

De acordo com os números de junho divulgados na página da Segurança Social, menos 12.656 pessoas receberam prestações de desemprego quando comparando com maio (o que corresponde a -4,5%) e menos 61.223 pessoas a beneficiar destes apoios face ao mesmo mês de 2014 (-18,6%).

Além destas quedas, o número de beneficiários de subsídios de desemprego está em mínimos de novembro de 2003, quando 266.953 beneficiavam desta prestação social.

É no Porto que o número de beneficiários de prestações de emprego é maior (57.385), seguindo-se Lisboa (55.926), Setúbal (22.891) e Braga (21.627).

Entre as prestações, o subsídio de desemprego é a mais representativa: em junho 209.997 pessoas recebiam este subsídio, menos 10.789 pessoas do que no mês anterior (-4,8%).

Este valor já não era tão baixo desde fevereiro de 2009, altura em que 202.450 pessoas beneficiavam deste subsídio.

O subsídio de desemprego é atribuído a trabalhadores que perderam involuntariamente o seu emprego, que estejam disponíveis para trabalhar e inscritos no centro de emprego da sua área de residência e tenham trabalhado por conta de outrem em 360 dias ao longo dos últimos 24 meses.

fonte:Diário Digital com Lusa

publicado por adm às 11:16 | comentar | favorito
05
Jul 15
05
Jul 15

Vem aí uma semana de muito calor

As temperaturas vão aumentar na próxima semana, com previsão dos termómetros marcarem 40 graus em vários dias, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). No entanto, o sol só vai brilhar na segunda e terça-feira. Nos restantes dias, os portugueses vão contar com céu muito nublado. Na segunda-feira, o IPMA prevê 32 graus para Lisboa, 31 para Faro e 24 para o Porto. Évora e Beja, no interior do País, vão ser os distritos mais quentes, com os termómetros a marcar 40 graus. Seguem-se Portalegre com 39 graus e Castelo Branco com 38. Já nas ilhas, a Madeira vai contar 24 graus no Funchal, céu pouco nublado e vento fraco. Os Açores, por sua vez, contam 25 graus em Santa Cruz e 24 em Ponta Delgada e Angra do Heroísmo.

Ligeira descida das temperaturas na terça-feira Na terça-feira, já com o céu um pouco nublado em vários pontos de Portugal continental a antecipar as nuvens que vão dominar o céu durante o resto da semana, Faro vai contar com 32 graus, Lisboa com 29 e o Porto mantém-se nos 24. Só em Coimbra, Santarém, Lisboa e Faro os portugueses vão poder usufruir de céu limpo. No entanto, de acordo com o IPMA, o distrito mais quente do País vai continuar a ser Beja, com 39 graus, seguindo-se Évora com 38 e Castelo Branco e Portalegre com 37.

fonte: http://www.cmjornal.xl.pt/

publicado por adm às 15:13 | comentar | favorito
tags: