Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Noticias do momento

Noticias do momento

25
Mai14

PS vence europeias e Marinho Pinto é a principal surpresa das eleições

adm

O Partido Socialista venceu as eleições europeias em Portugal, segundo a sondagem da Universidade Católica para a RTP. Também o estudo da Eurosondagem para a SIC atribui a vitória ao PS, com oito a nove mandatos. A surpresa é a eleição de Marinho Pinto, dada como quase certa nas duas sondagens, e a possibilidade de um segundo mandato para o MPT.

A projeção da RTP dá entre 30 a 34 ao PS e 25 a 29% à Aliança Portugal enquanto a SIC atribui entre 32,1% e 36,3% dos votos aos socialistas e entre 25% e 29,2% para a coligação.

Nestes estudos, a CDU consegue também aumentar os seus votos (a projeção da Eurosondagem atribui-lhe entre 11,4% e 13,9%) e deverá conseguir eleger três eurodeputados.

O Movimento Partido da Terra (MPT), cujo cabeça de lista é o antigo bastonário da Ordem dos Advogados António Marinho Pinto, surge como a principal supresa das eleições europeias. O MPT surge como o quarto partido mais votado e, para além de Marinho Pinto, que as sondagens dão como eleito, poderá conseguir ainda um segundo mandato (o estudo divulgado pela SIC atribui-lhe entre 6,6% e 8,8%).

O BE cai nestas eleições e, segundo a projeção da RTP, deverá eleger entre um a dois eurodeputados. Já a projeção da SIC atribui apenas um eurodeputado ao BE.

Primeira reação

Na primeira reação às projeções televisivas, o cabeça de lista socialista, Francisco Assis, considerou que se inicia um "novo ciclo" em Portugal, afirmando que a coligação PSD/CDS terá uma "derrota histórica" e que o PS se tornou novamente o maior partido.

"Inicia-se um novo ciclo na vida política portuguesa. A direita vai ter uma verdadeira derrota histórica e o PS tornou-se novamente o maior partido político português. Ficou evidente que os portugueses querem uma mudança", declarou o "número um" da lista europeia do PS.

Marinho diz que resultado é "natural"

O cabeça de lista do MPT considerou que a sua eventual eleição para o Parlamento Europeu é o "resultado natural" do processo, no qual participou de forma voluntária e consciente.

Nas primeiras declarações aos jornalistas, António Marinho e Pinto afirmou ter entrado nesta corrida eleitoral para "ser eleito". "Considero o resultado natural dado o processo no qual intervim voluntariamente e conscientemente, com o objetivo de ser eleito, se o conseguir muito bem, se não o conseguir, muito bem também", afirmou.

Rangel ataca Assis

Já o cabeça de lista da Aliança Portugal ao Parlamento Europeu, Paulo Rangel, saudou o PS pela vitória nas eleições europeias, mas considerou que os socialistas não têm razão para "entrar na euforia" manifestada por Francisco Assis.

Numa declaração feita no hotel de Lisboa onde estão concentrados os candidatos e dirigentes da coligação PSD/CDS-PP, Paulo Rangel deu também os parabéns à CDU e ao MPT e aos respetivos cabeças de lista, João Ferreira e Marinho e Pinto, dizendo que tiveram "resultados relevantes nesta noite".

Paulo Rangel lamentou a derrota da Aliança Portugal, mas sustentou que olhando para o que se passou com "muitos governos" da União Europeia, os resultados obtidos por PSD e CDS-PP são "comparativamente interessantes".

O primeiro candidato do CDS-PP da Aliança Portugal, Nuno Melo, recusou, por sua vez, retirar quaisquer conclusões das eleições europeias para legislativas, sublinhando que o PS não teve "nenhuma vitória estrondosa", apesar da "conjuntura particularmente favorável".

"Não faz nenhum sentido retirar destas eleições, que são europeias, conclusões para eleições legislativas", declarou Nuno Melo, em declaração conjunta com o cabeça de lista, o social-democrata Paulo Rangel no centro de convenções de um hotel de Lisboa onde a candidatura está reunida.

 

fonte:http://www.jn.pt/P

25
Mai14

Participação aumentou na maior parte dos grandes países

adm

A participação nas eleições europeias aumentou na maior parte dos grandes países, mantendo-se acima do esperado na União Europeia em geral, segundo os primeiros resultados.

Em França, a taxa de participação às 16 horas em Lisboa era de 35,07%, mais dois pontos percentuais que a registada à mesma hora em 2009, segundo números do Ministério do Interior.

A taxa final há cinco anos foi de 40,63% em França, que elege 74 eurodeputados.

Na Alemanha, que elege 96 deputados ao Parlamento Europeu, a participação às 14:00 (13:00 em Lisboa) era de 25,6%, mais cinco pontos percentuais que à mesma hora há cinco anos, quando a taxa de participação era de 20,2%.

Em 2009, a Alemanha teve uma taxa de participação final de 43,3%.

Em Espanha, que elege 54 eurodeputados, a participação registava hoje uma ligeira subida em relação a 2009, com 34,08% às 18:00 locais (17:00 em Lisboa), contra 33,79% em 2009.

Em vários dos países mais pequenos também se registou uma subida da participação.

Na Croácia, que aderiu à UE em 2013 e elege 11 eurodeputados, a participação às 09:00 locais (10:00 em Lisboa), quatro horas depois da abertura das urnas, era de 7,53%, 1,64% mais elevada que na primeira eleição europeia no país, realizada em 2013, em que a participação final foi de 20,84%.

Com a tendência contrária estão países como Malta, onde a participação é tradicionalmente elevada, mas que hoje registou a maior taxa de abstenção de sempre, com apenas 25% de participação.

Os países da Europa Central e de Leste são normalmente pouco participativos nas eleições europeias, tendo em 2009 registado uma taxa média de abstenção de 67%, contra uma taxa média na Europa ocidental de 48%.

A Eslováquia deve este ano repetir o recorde de abstenção atingido há cinco anos, de 80%. Segundo estimativas não oficiais, a taxa de participação da eleição de sábado deverá ser de entre 13% e 15%, bem menos que os 19,64% de 2009 e os 16,97% de 2004.

Na Polónia, que elege 51 eurodeputados e onde há cinco anos a abstenção atingiu os 75%, a taxa de participação a meio do dia era de 7,31%, um pouco acima dos 6,65% registados à mesma hora em 2009.

A Letónia, que votou no sábado, a abstenção foi de quase 70%, segundo a comissão eleitoral nacional.

Na Roménia, a meio do dia de hoje, a participação era de 12,54% e, segundo as previsões, deverá chegar aos 30%.

fonte:http://www.jn.pt/Pa

25
Mai14

BE reage com cautela e reconhece voto de protesto

adm

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, reagiu com cautela às primeiras projeções eleitorais que apontam para a eleição de apenas um deputado do BE e reconheceu que estas foram umas eleições em que houve "muito voto de protesto", disse, quando questionada sobre o facto de o Movimento Partido da Terra poder vir a ter um resultado mais favorável do que o BE.

"Todas as projeções indicam que aquele que era o nosso objetivo principal, o Bloco continuar a ter uma voz no Parlamento Europeu, terá sido alcançado", disse Catarina

Martins, numa primeira reação após a divulgação das primeiras projeções, numa declaração no Forum Lisboa, onde o ambiente é de desânimo.

A responsável admitiu que a eleição de Marisa Matias era "o objetivo principal", mas que o BE também estava na disputa por um segundo deputado, o que não terá sido conseguido de acordo com as primeiras projeções. Nas eleições de 2009, o Bloco elegeu três deputados.

A coordenadora recusou fazer interpretações sobre uma eventual contestação à atual liderança do BE, fruto do mau resultado nas europeias, e preferiu apontar baterias ao resultado da Aliança Portugal, que junta PSD e CDS-PP. "Pela primeira vez, a Direita junta terá menos de 30% dos votos, o que é relevante. Nunca tinha acontecido", disse.

fonte:http://www.jn.pt/

25
Mai14

CDU salienta "reforço importante"

adm

O cabeça de lista da CDU às europeias, João Ferreira, reagiu efusivo às projecções realçando que a possível eleição de três deputados é "um dos melhores resultados de sempre da CDU para o Parlamento Europeu", o que se traduz "num reforço importante e de especial confiança".

O comunista, membro do Comité Central do PCP, quis ainda salientar a "pesada derrota dos partidos do Governo" e a redução da expressão eleitoral daqueles a quem chamou " os partidos do arco da troika", onde se incluem os partidos da Aliança Portugal, e também o PS.

 fonte:http://www.jn.pt/
21
Mai14

Marco Silva é o novo treinador do Sporting para as próximas quatro épocas

adm
O treinador de futebol Marco Silva é o novo técnico do Sporting, anunciou esta quarta-feira o clube "leonino" em conferência de imprensa realizada em Alvalade.

Um dia depois de o clube "verde e branco" ter confirmado a saída de Leonardo Jardim, o Sporting anuncia a contratação de Marco Silva, que orientou nas três últimas épocas o Estoril-Praia, tendo o presidente "leonino" informado que o novo técnico assinou por quatro temporadas.

 

"É um orgulho enorme e uma honra poder representar este grande clube", foram as primeiras palavras do novo treinador do Sporting, clube que terminou a última temporada no segundo posto da I Liga.

 

Marco Silva, 36 anos, orientou o Estoril nas últimas três temporadas e conseguiu sucessivamente as melhores classificações da história do clube, com o quinto lugar em 2012/13 e o quarto em 2013/14, levando-o às competições europeias.

fonte:http://www.jornaldenegocios.pt/e

21
Mai14

IRS: Faltam entregar dois terços das declarações

adm

Faltam dez dias para terminar o prazo para a entrega das declarações de IRS da 2ª Fase, mas cerca de dois terços dos contribuintes ainda não submeteu a sua declaração no Portal das Finanças.

O site da Autoridade Tributária e Aduaneira registou até esta quarta-feira a receção de 646 416 declarações de rendimentos de contribuintes que no ano passado tiveram rendimentos de trabalho independente, de rendas, de capitais, receberam dividendos ou realizaram mais-valias.

Por comparação com o total de declarações submetidas no ano passado e que ascenderam a 1,86 milhões, o número até agora registado indica que apenas pouco mais de um terço dos contribuintes integrados na 2ª Fase procedeu ao acerto anual de contas com o fisco.

O volume de contribuintes, sobretudo trabalhadores independentes, que ainda não formalizou esta obrigação declarativa sugere que o ritmo se vai intensificar daqui para a frente, o que aumenta a probabilidade de o acesso ao Portal se tornar mais difícil, à semelhança do que aconteceu no final de abril quando começou a aproximar o final do prazo da 1ª Fase (dedicada aos que apenas têm a declarar rendimentos de pensões ou de trabalho por conta de outrem).

Os mais recentes dados estatísticos oficiais sobre o IRS mostram que em 2012 reportaram rendimentos de trabalho independente 895,4 mil pessoas e que 376 mil contribuintes declararam rendimentos de rendas.

 fonte_http://www.dinheirovivo.pt/E

21
Mai14

Preço do gás para famílias portuguesas é o terceiro mais alto da UE

adm

As famílias portuguesas são as que pagam os preços mais elevados de gás e electricidade na União Europeia. Os dados divulgados esta quarta-feira, pelo Eurostat, referem-se ao segundo semestre do ano passado. 

O Gabinete de Estatística da União Europeia faz a comparação entre os 28 Estados-membros através de paridades de poder de compra, uma medida que tem em conta as diferenças do custo de vida entre os diferentes países. 

No caso do gás é onde se notam maiores diferenças para as famílias portuguesas: os preços ajustados aos poder de compra referem um preço médio e 11,50 euros por cada 100 kW/h consumidos. Apenas a Bulgária tem um custo mais elevado. 

No caso da electricidade, o Eurostat refere que o custo médio para uma família portuguesa era de 26,20 euros para um consumo de 100 kW/hora. Mais caro só na Alemanha e Chipre. 

O relatório do Eurostat revela ainda que Portugal registou na segunda metade do ano passado o segundo maior aumento no preço do gás na União Europeia. 

Entre o segundo semestre de 2012 e o mesmo período de 2013, o aumento foi de 9%, apenas atrás da Roménia. 

Na electricidade, o aumento foi mais ligeiro, de 3,3%. 

fonte:http://rr.sapo.pt/

19
Mai14

Luis Enrique é o novo treinador do FC Barcelona, até 2016

adm

Luis Enrique é o novo treinador da equipa de futebol do FC Barcelona, até junho de 2016, anunciou hoje o clube catalão no seu sítio oficial.

Luis Enrique, que substitui o argentino Gerardo "Tata" Martino, foi jogador do FC Barcelona entre 1996 e 2004 (300 jogos e 109 golos), procedente do Real Madrid, e dirigiu a equipa secundária dos catalães entre 2008 e 2011.

Depois de sair do FC Barcelona, Luis Enrique, que vai ser apresentado oficialmente na quarta-feira, treinou o AS Roma e, na última temporada, o Celta de Vigo.

fonte:http://www.destak.pt/a

19
Mai14

Bom tempo só volta no fim-de-semana

adm

Chuva, aguaceiros fortes e possibilidade de queda de granizo levam o Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA) a emitir aviso amarelo. O bom tempo só regressa no final da semana. 

O instituto emitiu aviso amarelo para todos os distritos do país: entra em vigor às 6h00 de terça-feira e irá manter-se até às 15h00 da tarde de quinta-feira.

A meteorologia Paula Leitão confirma à Renascença um agravamento das condições meteorológicas, que já hoje apanharam muita gente desprevenida.  “Aguaceiros podem ser por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoada”.

Não é de excluir a possibilidade de queda de neve nas terras altas a partir dos 1.400 metros de altitude. 

As temperaturas mínimas vão descer em todo o país, estando previsto, para terça-feira, no Porto 9 graus, Lisboa 11 e Faro 14. 

A partir da tarde de quinta-feira o sol volta, mas a chuva fica até sexta-feira, devendo melhorar a tempo da final da Liga dos Campeões, no sábado.

Nos Açores e na Madeira continuam as temperaturas na casa do 20 graus e o sol acompanhado por algumas nuvens.

fonte:http://rr.sapo.pt/in

19
Mai14

Inspecção detecta dezenas de irregularidades em empresas de limpezas

adm

Os inspectores da Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) detectaram dezenas de irregularidades em empresas do sector das limpezas, sobretudo em relação a horários e exames de saúde. 

A ACT revela, em comunicado, que numa acção a nível nacional, que incluiu 148 locais e 111 empresas, os inspectores encontraram mais de 50 situações em que os limites máximos diários e semanais estavam a ser ultrapassados. 

A acção, que decorreu entre os dias 5 e 9 de Maio, abrangeu quase 800 trabalhadores. Em 60 casos foram detectadas irregularidades com os exames de saúde, 10 não recebiam a retribuição legalmente definida e foram também encontradas duas situações de trabalho não declarado. 

No total, os inspectores adoptaram 43 advertências e levantaram 57 autos de notícia.

fonte:http://rr.sapo.pt/in

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D