30
Mar 14

Benfica mais perto do título

O Benfica voltou a repor a distância de sete pontos para o Sporting, 2.º classificado da Liga portuguesa, ao bater hoje o Sporting de Braga, com um golo de Lima.

Em Braga, o Benfica entrou a todo o gás e chegou à vantagem logo aos 13 minutos, através de uma jogada individual de Rodrigo pela esquerda, com o avançado espanhol a oferecer o golo a Lima.

Com o decorrer dos minutos, o Benfica ficou mais amorfo, mas poderia ter sentenciado a partida já perto do final, quando Rodrigo foi rasteirado dentro da área do Sporting de Braga. Contudo, foi o próprio Rodrigo a falhar o penálti que poderia ter ditado o 2-0.

Quando faltam cinco jogos para o final do campeonato, o Benfica permanece líder isolado, com 64 pontos, tendo na perseguição o Sporting, com 57 pontos, e o FC Porto, com 49 pontos e menos um jogo, que será disputado hoje na Madeira, perante o Nacional.



fonte: http://expresso.sapo.pt

publicado por adm às 20:29 | comentar | favorito
30
Mar 14

EDP paga milhares a ex-governantes

Sete ex-governantes, todos das áreas do PSD, PS e CDS, ganharam, em 2013, mais de 812 mil euros como membros do Conselho Geral e de Supervisão da EDP, órgão de aconselhamento da elétrica liderada por António Mexia, também ele ex-ministro. Eduardo Catroga, ex-ministro das Finanças e presidente daquele órgão, obteve a remuneração anual mais elevada: 490 500 euros. Ou seja: em 14 meses, Catroga ganhou mais de 35 mil euros por mês. No grupo de sete ex-governantes, há seis ex-ministros e um ex-secretário de Estado. Do PSD, são, além de Catroga, os ex-ministros Jorge Braga de Macedo (Finanças, 1991-1993) e Luís Filipe Pereira (Saúde, 2002-2005). Do PS, são os ex-ministros Rui Pena (Defesa, em 2001 e 2002) e Augusto Mateus (Economia, 1996-1997). Do CDS-PP, Celeste Cardona (Justiça, de 2002 a 2004). Paulo Teixeira Pinto é o ex-secretário de Estado. Deste grupo, Celeste Cardona recebeu a segunda remuneração anual mais elevada: 69 999 euros. Em 14 meses, são quase cinco mil euros por mês. Os restantes ex-governantes ganharam de 33 927 a 57 mil euros por ano.

fonte: http://www.cmjornal.xl.pt/ 

publicado por adm às 18:29 | comentar | favorito
tags:
27
Mar 14
27
Mar 14

Electricidade e gás não aumentam para quem está no mercado regulado

As tarifas de electricidade e do gás natural não vão aumentar a partir de Abril para os consumidores que estão no mercado regulado.

De acordo com a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), os consumidores não vão pagar mais pela luz nem pelo gás natural durante o trimestre que começa na próxima terça-feira.

As tarifas são revistas trimestralmente para quem está no mercado regulado. Segundo a ERSE, a maioria dos consumidores ainda se encontra nesse mercado.

Este período com tarifas transitórias termina no final do próximo ano.

fonte:http://rr.sapo.pt/

publicado por adm às 21:56 | comentar | favorito
25
Mar 14

Comerciantes vão poder fazer saldos em qualquer altura do ano

Proposta de Lei prevê saldos em qualquer período desde que não durem mais de 4 meses por ano.

O novo Regime Jurídico de acesso e exercício de Atividades de Comércio, Serviços e Restauração (RJACSR) prevê que as vendas em saldos possam ser feitas "em quaisquer períodos do ano", desde que não ultrapassem quatro meses, no conjunto.

De acordo com a proposta de lei n.213/XII, a que a Lusa teve hoje acesso e que visa aprovar um regime de acesso e exercício a actividades económicas com menos burocracia e custos, reduzindo num único diploma a actual dispersão legislativa sobre comércio, serviços e restauração, "a venda em saldos pode realizar-se em quaisquer períodos do ano desde que não ultrapassem, no seu conjunto, a duração de quatro meses por ano".

Actualmente, os saldos têm período fixo, sendo que só se podem realizar entre 28 de Dezembro e 28 de Fevereiro e entre 15 de Julho e 15 de Setembro. Agora, o novo diploma deixa de impor um período fixo, apenas ressalvando que os saldos não podem durar, no seu conjunto, mais de quatro meses por ano.

"A venda em saldos fica sujeita a uma declaração emitida pelo comerciante dirigida à Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), com uma antecedência mínima de cinco dias úteis, através do balcão único eletrónico, designado por Balcão do Empreendedor", refere a proposta de lei do Governo.

Este novo regime, aprovado em Conselho de Ministros na semana passada, tem quatro objectivos: simplificar procedimentos, consolidar a legislação dispersa, reforçar os mecanismos de controlo e desburocratizar.

No âmbito da simplificação de procedimentos, o Governo prevê que actividades ligadas ao comércio das tintas, vernizes e produtos similares, salões de cabeleireiros e institutos de beleza dispensem uma comunicação prévia para iniciar a sua actividade.

Por outro lado, o RJACSR vai também simplificar o regime de instalação de estabelecimentos com área inferior a 2.000 metros quadrados e pertencentes a grandes grupos (grupos que já disponham de uma área superior a 30.000 metros quadrados ou empresas que usem uma ou mais insígnias), sujeitando-as a uma mera declaração, em detrimento da actual autorização.

O mesmo acontece para a instalação de grandes superfícies comerciais (mais de 2.000 metros quadrados) inseridas em conjuntos comerciais.

O novo diploma, como tem afirmado o ministro da Economia, António Pires de Lima, reduz custos de contexto, ao eliminar o pagamento de determinadas taxas, como por exemplo as relativas à mudança do horário de funcionamento do estabelecimento.

Com a nova lei, é eliminada a obrigação de comunicação do horário de funcionamento. O projeto de lei é "claramente uma evolução para o licenciamento zero, para simplificação de procedimentos e para a liberalização de algumas actividades que assentam no princípio da confiança do Estado na iniciativa empresarial", tinha afirmado Pires de Lima à Lusa, na quinta-feira passada.

 fonte:http://economico.sapo.pt/no

publicado por adm às 22:21 | comentar | favorito
25
Mar 14

Eduardo Lourenço na lista do PS às europeias

O ensaísta Eduardo Lourenço, um independente, surge no 21.º lugar - o último efectivo - da lista do PS às eleições para o Parlamento Europeu, aprovada esta terça-feira à noite, por unanimidade, pela comissão política nacional, que esteve reunida durante cerca de uma hora na sede do partido, no Largo do Rato, em Lisboa.

Maria João Rodrigues surge em 2.º lugar na lista liderada por Francisco Assis. Ministra do Emprego de António Guerres, trabalha com instituições europeias desde 2000.

Eduardo Lourenço participou nas últimas jornadas parlamentares do PS, na Nazaré, nas quais lamentou que o PS não tivesse apresentado Francisco Assis mais cedo como cabeça de lista às europeias.

Edite Estrela e Capoulas Santos deixam Bruxelas
Os actuais eurodeputados Edite Estrela, Capoulas Santos e Vital Moreira não fazem parte da lista do PS às eleições europeias de 25 de Maio, conhecida esta terça-feira. 

Quem continua é Elisa Ferreira e Ana Gomes, que surgem no quarto e sexto lugar, respectivamente, de acordo com a lista apresentada à comissão política nacional, na sede do PS, no Largo do Rato, em Lisboa.

Entre as novidades na corrida ao Parlamento Europeu por parte do PS destaque para Carlos Zorrinho, o ex-líder parlamentar, que aparece em terceiro lugar na lista, e para o ex-ministro Pedro Silva Pereira.

O PS concorre às eleições para o Parlamento Europeu com uma lista com o mesmo número de mulheres e homens, pela "primeira vez na história da democracia portuguesa", disse fonte da direcção do PS à Renascença.

Lista completa do PS às europeias
1 - Francisco Assis
2 - Maria João Rodrigues
3 - Carlos Zorrinho
4 - Elisa Ferreira
5 - Ricardo Serrão Santos
6 - Ana Gomes
7- Pedro Silva Pereira
8 - Liliana Rodrigues
9 - Manuel dos Santos
10 - Maria Amélia Antunes
11- Fernando Moniz
12 - Isabel Coutinho
13 - José Junqueiro
14 - Célia Afra
15 - Diogo Leão
16 - Maria da Luz Lopes
17 - Henrique Ferreira
18 - Maria de Fátima Carvalho
19 - Júlio Barroso
20 - Maria João Baptista
21 - Eduardo Lourenço

Suplentes 
22 - Ana Venâncio
23 - Fernando Cabodeira
24 - Rita Mendes
25 - Adérito Pires
26 - Renata Veríssimo
27 - Miguel Rasquinho
28 - Catarina Castanheira
29 - Carlos Granadas

 

fonte:http://rr.sapo.pt/i

publicado por adm às 22:17 | comentar | favorito
24
Mar 14

Anacom dá 'luz verde' à subida de preços nos CTT

A Autoridade Nacional de Comunicações dá 'luz verde' aos novos preços dos CTT nos serviços postais reservados.

A ANACOM - Autoridade Nacional de Comunicações deu hoje 'luz verde' aos novos preços dos CTT aplicados aos serviços postais reservados.

A deliberação da ANACOM foi hoje divulgada através do portal da Internet deste regulador, que diz "não se opor à entrada em vigor, a partir de 1 de Abril, da proposta de preços e descontos apresentada pelos CTT - Correios de Portugal (CTT) para os serviços reservados".

A ANACOM refere ainda que "os CTT devem promover uma adequada acção de divulgação dos novos preços, com uma antecedência mínima de cinco dias úteis sobre a respectiva data de entrada em vigor, através dos meios adequados à informação dos utilizadores e dos segmentos de mercado".

Os novos preços, que terão uma variação média de 0,4%, aplicam-se na notificação via postal simples e na notificação/citação via postal, que segundo fonte oficial dos CTT se relacionam com as notificações enviadas pela Justiça.

 fonte:http://economico.sapo.pt/no

publicado por adm às 21:06 | comentar | favorito

Um em cada dez sem dinheiro para renda ou refeição com carne

Aumentou o número de portugueses que não conseguem pagar a renda ou uma refeição com carne ou peixe. De acordo com os números divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), de 2012 para 2013, a percentagem daqueles que vivem em privação severa subiu 2,3 pontos percentuais (p.p.).

Segundo o Inquérito às Condições de Vida e Rendimento do INE, em 2013, encontravam-se nesta situação 10,9% dos portugueses (8,6% em 2012).

Entende-se por alguém em privação severa quem não conseguir cumprir quatro itens de uma lista de nove, relacionados com necessidades económicas e bens duráveis, entre as quais: pagar a renda, empréstimos ou despesas correntes, comer uma refeição de carne e peixe de dois em dois dias, ter carro, televisão ou máquina de lavar roupa, conseguir pagar uma despesa inesperada.

Se as contas forem feitas a apenas três itens não cumpridos passa a 25,5% os portugueses que, em 2013, vivia em privação material, um aumento de quase 3,7 p.p. em relação a 2012.

Ainda segundo este inquérito do INE, quase 19% dos portugueses estavam em risco de pobreza em 2012.

fonte:http://rr.sapo.pt/i

publicado por adm às 20:36 | comentar | favorito
24
Mar 14

Quase dois milhões de portugueses em risco de pobreza

O número de portugueses em risco de pobreza aumentou entre 2011 e 2012, atingindo 18,7% da população, ou seja, quase dois milhões de pessoas, um valor que poderia aumentar para quase 50% se não existissem transferências sociais. 

Os dados constam do mais recente Inquérito às Condições de Vida e Rendimento (EU-SILC) do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgados esta segunda-feira. 

Os dados mostram que, em 2012, 18,7% da população portuguesa estava em risco de pobreza, mais oito pontos percentuais do que em 2011. Um valor percentual que corresponde na realidade a 1.961.122 portugueses e que faz o INE apontar que se trata do “mais elevado desde 2005”. 

Segundo o INE, a taxa de risco de pobreza corresponde à proporção da população cujo rendimento equivalente se encontra abaixo da linha da pobreza, definida como 60% do rendimento mediano por adulto equivalente, que passou de 416 euros em 2011 para 409 euros em 2012. 

Entre as famílias com crianças a cargo, a taxa de risco de pobreza também aumentou, passando de 20,5% em 2011 para 22,2% em 2012. 

As taxas de risco de pobreza mais elevadas foram estimadas para os agregados constituídos por um adulto com pelo menos uma criança (33,6%), por dois adultos com três ou mais crianças (40,4%) e por três ou mais adultos com crianças (23,7%), que enfrentam pela primeira vez um risco de pobreza superior aos das pessoas que vivem sós (21,7%). 

Em relação aos menores de 18 anos, o risco de pobreza também aumentou, tendo crescido 2,6 pontos percentuais em relação ao valor registado em 2011 e estando em 2012 nos 24,4%. 

Ao mesmo tempo, o risco de pobreza para a população em idade activa foi de 18,4%, mais 1,5 pontos percentuais do quem em 2011, quando o valor foi de 16,9%. 

"Ao contrário, a taxa de risco de pobreza para a população idosa, 14,7%, manteve a tendência decrescente, expectável face ao crescimento médio das despesas com pensões de velhice 'per capita' que tem vindo a verificar-se desde o início do século (7%) ", refere o INE. 

O risco de pobreza entre as pessoas desempregadas aumentou 1,9 pontos percentuais entre 2011 e 2012, chegando agora aos 40,2%, um aumento também sentido entre os que têm emprego. Há 10,5% de pessoas que trabalham, mas que, ainda assim, estão em risco de pobreza. 

Também a intensidade da pobreza aumentou entre 2011 e 2012, sendo nesse ano de 27,3%, o que significa um agravamento de 3,3 pontos percentuais relativamente a 2011.

fonte:http://rr.sapo.pt/inf

publicado por adm às 20:35 | comentar | ver comentários (1) | favorito
tags:
23
Mar 14

Máquina fotográfica que foi à lua vendida por 660 mil euros

A Hasselblad foi vendida 725% acima da base de licitação num leilão organizado pela galeria austríaca WestLicht.

A WestLicht, galeria austríaca especializada no universo da fotografia, leiloou por 660 mil euros uma máquina fotográfica Hasselblad, a única no mundo que tirou fotografias na lua durante uma das missões norte-americanas.

A máquina fotográfica foi usada pelo astronauta norte-americano Jim Irwin (1930-1991) na missão Apollo 15, em 1971, e tinha um preço base no leilão de 80 mil euros. A máquina tirou um total de 299 fotografias da superfície da lua durante essa missão.

Segundo informou a galeria em comunicado, o comprador da máquina é o empresário japonês Terukazu Fujisawa, fundador da cadeia de eletrodomésticos Yodobashi Camera. A máquina será agora exposta no seu museu privado.

De acordo com o mesmo comunicado, o elevado preço pago por esta Hasselblad "demonstra o incessante fascínio com a chegada à lua". "Creio que a máquina recebeu o preço [adequado] se se tiver em conta a história. Nenhum outro aparelho esteve na lua e voltou", sublinhou ainda Peter Coeln, director da galeria.

fonte:http://economico.sapo.pt/no

publicado por adm às 20:49 | comentar | favorito
23
Mar 14

Benfica vence Académica e mantém Sporting à distância na I Liga

O Benfica, líder da I Liga de futebol, derrotou hoje em casa a Académica, por 3-0, e manteve a vantagem de sete pontos sobre o Sporting, segundo classificado, à passagem da 24.ª jornada.

No Estádio da Luz, em Lisboa, a três dias da visita ao FC Porto na primeira mão da meia-final da Taça de Portugal, o Benfica alcançou a sétima vitória seguida no campeonato, com um "bis" do brasileiro Lima (11 e 28 minutos) - melhor marcador dos "encarnados" com 11 golos - e um golo do argentino Enzo Pérez (59).

A equipa de Jorge Jesus soma agora 61 pontos, contra 54 do Sporting, que na véspera venceu no terreno do Marítimo (3-1), enquanto o FC Porto segue em terceiro, com 46, mas joga ainda hoje com o Belenenses. A Académica, que vinha de cinco jogos sem perder, mantém o 10.º posto, com 29 pontos.

fonte:http://www.destak.pt/

publicado por adm às 20:47 | comentar | favorito