21
Fev 12

Quase 2 mil trabalhadores saíram das empresas públicas

O ministro da Economia disse hoje que houve uma redução de 1.900 trabalhadores nas empresas públicas de transportes, apesar da subida dos custos de financiamento.

"A reestruturação [das empresas públicas de transportes] está a ser feita de forma consensual, em consonância com os trabalhadores, e foi por isso que, em 2011, houve uma redução de 1.900 efectivos do sector dos transportes", afirmou Álvaro Santos Pereira, à margem da assinatura de aditamentos aos contratos de concessão entre o Estado e a REN.

O ministro admitiu que os custos de financiamento destas empresas públicas tem vindo a aumentar, mas destacou a redução dos custos com pessoal e dos custos operacionais.

"É verdade que os custos de financiamento destas empresas têm aumentado nos últimos tempos, no entanto houve uma redução dos custos operacionais muito significativa no ano passado", disse.

De acordo com o ministro, as estimativas do Ministério da Economia apontam para uma redução dos custos operacionais que deverá corresponder a "cerca de 150 milhões de euros de poupanças" no ano passado, face a 2010.

Álvaro Santos Pereira disse ainda que, no mesmo período, a redução do custo com pessoal foi de 11,8% e o fornecimento de serviços externos diminuiu cerca de 18%, não tendo, contudo, quantificado a descida.

 

fonte:http://economico.sapo.pt/n

publicado por adm às 17:59 | comentar | favorito
tags:
21
Fev 12

Sara Norte condenada a 16 meses de prisão em Espanha

A ex-actriz Sara Norte foi condenada, esta terça-feira, a uma pena de prisão efectiva de 16 meses, que serão cumpridos em Algeciras, Espanha.

A jovem de 26 anos, que foi apanhada em Tarifa com 800 gramas de haxixe no estômago, não quis, por vontade expressa, cumprir pena em Portugal.

Na audiência esteve presente a mãe, Carla Lupi, que tem feito visitas à filha no Centro Penitenciário de Botafuegos. Já o pai, Vítor Norte, esteve na segunda-feira a visitar a filha no estabelecimento prisional.

fonte:http://www.cmjornal.xl.pt/n


publicado por adm às 17:51 | comentar | favorito
tags:
20
Fev 12

Substituir trabalhadores mais velhos por mais jovens pode ajudar turismo

O presidente da Confederação do Turismo de Portugal (CTP) defendeu hoje que a substituição dos trabalhadores mais velhos por outros mais jovens pode aumentar a competitividade das empresas do sector.

"No caso do turismo, podemos fazer a renovação de pessoas mais velhas por outras mais jovens, com mais formação, o que traz vantagens porque os mais jovens fazem mais rápido e melhor, tornando as empresas mais competitivas", disse José Carlos Pinto Coelho aos jornalistas, à saída de uma reunião com o ministro Miguel Relvas.

O ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, que está a coordenar a Comissão Interministerial de Criação de Emprego e Formação Jovem, chamou hoje os parceiros sociais para receber propostas que dinamizem o emprego jovem em Portugal.

O presidente da CTP considerou "que não existem soluções milagrosas" e que "é cada vez mais difícil empregar pessoas", mas que o turismo ainda é um sector com capacidade de crescimento.

"É necessário dar os meios necessários às empresas para formarem e darem emprego", defendeu ainda, referindo por isso a necessidade de facilitar o acesso ao crédito por parte da indústria do sector.

A CTP assumiu o compromisso de enviar ao Governo, até quarta-feira, ou quinta-feira, as propostas destinadas a fomentar o emprego jovem.

A Comissão Interministerial integra 12 secretários de Estado, entre os quais o do Emprego, o da Administração Pública e o dos Assuntos Europeus. De acordo com um comunicado do gabinete do ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, o Governo "compromete-se a apresentar medidas concretas para combater o desemprego jovem".

Portugal receberá nas próximas semanas a visita de uma "equipa de ação" da Comissão Europeia destinada a estudar a forma de utilizar fundos comunitários para reduzir o desemprego jovem.

Esta iniciativa foi lançada pelo presidente da Comissão, José Manuel Durão Barroso, durante o Conselho Europeu de Janeiro, e visa reduzir o desemprego jovem nos oito países da União com taxas mais elevadas.

Na definição europeia da taxa de desemprego jovem, Grécia e Espanha têm as taxas mais altas, quase nos 50 por cento, e Portugal é o terceiro país com mais jovens desempregados, acima dos 35 por cento.

A Comissão liderada por Miguel Relvas deverá "enquadrar as políticas de juventude de uma forma global e articulada", agilizar os mecanismos de apoio às PME, ao nível de fundos da União Europeia, de modo a "aumentar as oportunidades de emprego para os jovens".

fonte:http://economico.sapo.pt/n

 

publicado por adm às 23:04 | comentar | favorito
tags:

Reorganização na TSF passa pela extinção de postos de trabalho

A TSF iniciou um processo de reorganização que passa pelo encerramento de delegações e extinção de postos de trabalho, disseram à Lusa dois jornalistas da estação.

No entanto, o director da TSF apenas revela que tem em curso uma reorganização financeira. "A TSF tem em curso uma reorganização financeira que será comunicada a toda a redacção até final da semana", afirmou Paulo Baldaia, escusando-se a adiantar mais informação.

Já os jornalistas da TSF em Évora e em Faro confirmaram à Lusa que essa reorganização vai implicar o encerramento das duas delegações, tendo-lhes sido anunciada hoje a extinção dos postos de trabalho nestes locais, por questões de ordem orçamental.

Segundo o jornalista da TSF em Évora, Carlos Júlio, a direcção já estaria a contactar jornalistas e técnicos de forma individual, o que significou que as diferentes pessoas desconheciam a situação umas das outras, envolvendo ainda pessoas da redacção de Lisboa.

Carlos Júlio, na TSF desde 1990, considera "curiosa" a decisão, tendo este recebido o prémio Gazeta de Rádio no ano passado, dado pelo Clube de Jornalistas, com a reportagem "A terra a quem a trabalha".

Por seu lado, a jornalista da TSF em Faro, Maria Augusta Casaca, confirmou apenas o encerramento da delegação, sem querer adiantar mais informações, numa cidade onde a rádio já partilhava espaço com o Diário de Notícias, também do grupo Controlinveste, e utilizava a mesma viatura de serviço.

Maria Augusta Casaca foi a vencedora do prémio de jornalismo Direitos Humanos & Integração em 2010, na categoria de rádio, com o trabalho "O silêncio dos dias", tendo também ganho o primeiro prémio de jornalismo da Associação Nacional de Municípios Portugueses em 
2007.

A Lusa tentou contactar a administração da estação, mas tal não foi possível em tempo útil.

 

 

fonte:http://economico.sapo.pt/n

publicado por adm às 23:03 | comentar | favorito

Nove empresas públicas falharam entrega das contas

Metro do Porto, Refer e Teatro de São João foram algumas das entidades que falharam o prazo de entrega das contas às Finanças.

Tal como o Económico avançou, algumas das empresas públicas que passaram a contar para o défice não conseguiram entregar as suas contas a tempo de serem incluídas no boletim de Execução Orçamental de Janeiro, que foi hoje divulgado.

A DGO informa, numa nota de rodapé do relatório relativo ao mês passado, que os organismos em falta de reporte de execução orçamental foram os seguintes: o Fundo de Estabilização Aduaneiro (FEA) - um fundo autónomo do Ministério das Finanças gerido pela Direcção-Geral das Alfândegas e dos Impostos Especiais sobre o Consumo -, o Teatro Nacional de São João, a Parups e a Parvalorem - veículos criados para acomodar os activos do BPN -, a Empresa de Meios Aéreos, o Metro do Porto, a Rede Ferroviária Nacional - REFER, o Arsenal do Alfeite [Estaleiro de recuperação e engenharia naval] e a UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento.

Era a primeira vez que as empresas públicas reclassificadas tinham de prestar contas. O Económico sabia que muitas empresas tinham falhado o prazo interno de prestar informação até ao dia 10 de Fevereiro, levando a um alargamento deste prazo por mais seis dias. Esta falha acontece num momento em que a ‘troika' está a passar as contas do Estado a pente fino, a propósito da terceira avaliação da aplicação do programa de ajustamento.

Hoje, a DGO revelou que o saldo global dos Serviços e Fundos Autónomos (SFA), incluindo o Serviço Nacional de Saúde (SNS) e excluindo as nove entidades que falharam o prazo, atingiu os 534 milhões de euros em Janeiro, sendo 137 milhões de euros respeitantes às Empresas Públicas Reclassificadas (EPR) no perímetro das Administrações Públicas.

fonte:http://economico.sapo.pt/

 

publicado por adm às 23:02 | comentar | favorito
tags:
20
Fev 12

Construção: Novas encomendas caem 22,5% no quarto trimestre

O Índice de Novas Encomendas na Construção caiu 22,5 por cento no quarto trimestre deste ano, face a igual período de 2010, e registou uma variação negativa de 20,0 por cento em relação aos três meses anteriores, divulgou esta segunda-feira o INE.

Este agravamento foi determinado pelo segmento de Construção de Edifícios, que passou de uma variação homóloga de -14,2 por cento no terceiro trimestre para -23,8 por cento no trimestre seguinte", adianta o Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

A variação trimestral do índice situou-se assim nos 18,4 por cento, enquanto a variação média em 2011 foi de 17,7 por cento.

fonter:http://www.cmjornal.xl.pt/n


publicado por adm às 22:43 | comentar | favorito
tags:
17
Fev 12

Combinação vencedora do Euromilhões

A combinação vencedora do concurso de hoje do Euromilhões é composta pelos números 04-11-28-38 e 47 e as estrelas 10 e 11.

O primeiro prémio do concurso de hoje tem um valor de 34 milhões de euros.

publicado por adm às 23:55 | comentar | favorito

Consumo de electricidade sofre maior queda em 20 anos

O consumo de electricidade registou, em Janeiro, a maior quebra das últimas duas décadas, de acordo com dados divulgados esta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

No primeiro mês de 2012, o consumo de luz caiu 6,3 por cento, face ao mesmo mês do ano passado.

Os valores confirma a quebra do consumo da electricidade desde que o IVA aumentou.

Para o total de 2011, a queda no consumo de energia foi de 2,2 por cento, quando comparado com 2010.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 23:01 | comentar | favorito
17
Fev 12

Rui Patrício oferece 80 mil euros à ex-mulher

Separados desde o final de Novembro, Rui Patrício, de 24 anos, e a ex-mulher, Joana Pereira, de 28, começaram ontem a tratar da divisão de bens em tribunal, naquela que foi a primeira audiência para o divórcio.

Ausente, com o Sporting na Polónia, o guarda-redes deixou o assunto nas mãos do seu advogado e, apurou o CM, o acordo proposto passa pela transferência de 80 mil euros para a conta da ex-companheira. "O Rui não quer dividir bens. Ele já transmitiu ao advogado que quer dar 80 mil euros à Joana e ponto final", conta uma fonte próxima do futebolista, que completou ontem 24 anos.

Quem não se conforma com o acordo é Joana, que, apurou o CM, quer a moradia de luxo, avaliada em 650 mil euros, onde o ex-casal vivia em Alcochete e ainda uma pensão de alimentos.

"A Joana deixou tudo para acompanhar o Rui e considera que 80 mil euros é uma brincadeira de mau gosto. Quer a casa e uma pensão", adianta a mesma fonte.
fonte:http://www.vidas.xl.pt/n
publicado por adm às 22:07 | comentar | favorito
16
Fev 12
16
Fev 12

Carros: Portugal vende menos 47%, pior da Europa

Portugal registou uma quebra de 47,4% nas vendas de carros em Janeiro. O país continua a ter o pior desempenho da Europa.

Em concreto, os dados divulgados pela Associação de Construtores Automóveis Europeus (ACEA) mostram que asvendas passaram de 13.221 unidades em Janeiro de 2011 para 6.949 no primeiro mês deste ano. Ou seja, para quase metade

No total, o mercado europeu caiu 7,1%, acentuando a grave crise que se vem sentindo no sector.l A seguir a Portugal, vem logo França (-20,7%) na lista dos piores desempenhos.

Dos países que estão em situação de resgate europeu, a Grécia, que no ano passado estava a par de Portugal na queda de vendas de automóveis, conseguiu recuperar em Janeiro, embora continue com uma descida de 13,3% relativamente a Janeiro de 2011. A Irlanda, por seu lado, está em plena recuperação com as vendas de carros a aumentarem 1,5% comparando Janeiro deste ano com o homólogo do ano passado.

Em difícil situação de mercado estão também a Itália (-16,9%), Bélgica (-16%) e Chipre (-17%), enquanto os países de centro e leste da Europa continuam a sua explosão de vendas, com a Roménia a liderar, com um aumento de 86,4%, e ainda a Letónia (+44,8%) e Hungria (+43,9%).

O motor da economia europeia, a Alemanha obteve uma ligeira queda nas vendas (-0,4%) enquanto o Reino Unido manteve a sua situação inalterada. Surpreendentemente, a Espanha, que obteve uma queda no final de 2011, está a recuperar e em Janeiro e aumentou as suas vendas em 2,5%.

Em termos de construtores automóveis, o grupo Volkswagen alargou o fosso como líder europeu, sendo o único a aumentar as suas vendas em Janeiro, para 0,7%, enquanto que os franceses da PSA Peugeot Citroën viram as vendas caírem 14,9% e o grupo Renault 25,2%.

Em destaque, nas vendas estão os sul coreanos da Hyundai e Kia com aumentos de 17,9% e 30,6% comparando com Janeiro de 2011 e ainda o grupo Jaguar Land Rover, com mais 39,2%. 

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

 

publicado por adm às 23:06 | comentar | favorito