28
Out 11
28
Out 11

GNR diz que Angélico mandou rebocar BMW

O auto de ocorrência da Unidade de Trânsito da GNR de Santa Maria da Feira diz que foi o cantor Angélico Vieira, que morreu há quatro meses num acidente na A1, em Estarreja, quem deu autorização para que o carro fosse rebocado do local do acidente e que fosse levado para o parque da Brisa. O cantor entrou, no entanto, de imediato em coma após o violento despiste, pelo que era impossível que tivesse dado qualquer ordem.

Este é apenas um dos erros que constam do auto do acidente e que podem colocar em causa a investigação do Ministério Público de Estarreja, uma vez que o inquérito tem por base este documento. As nulidades podem prejudicar todo o processo.

O auto de ocorrência, registado em 25 de Junho às 03h15, está repleto de contradições e possui diversas rasuras ao longo de várias folhas. No documento, a marca que consta do carro não é a correcta e a apólice de seguro diz respeito ao primeiro comprador da viatura, que a vendeu em meados de 2010. Os militares dizem também que o seguro estava em nome do stand Auguscar, mas o número da apólice está registada no nome do antigo proprietário, um empresário de Vila Verde.

Após o acidente, os militares declararam também que outra vítima mortal, Hélio Filipe, morreu atropelada. A autópsia ao corpo afastou tal hipótese. O auto refere também que uma roda saltou do veículo, tese excluída dias depois.

"Deu-se um despiste seguido de atropelamento. Soltou-se uma roda do veículo nº 1 que se despistou contra o talude e um dos ocupantes foi cuspido e atropelado por outra viatura", lê-se no auto.

O processo continua em segredo de justiça e a investigação, que está a cargo de uma procuradora do Ministério Público de Estarreja, está prestes a ser ultimada. 

PORMENORES

SAIU ILESO

No BMW 635 seguia também Hugo Pinto, que escapou ileso do acidente.

FERIDA NO HOSPITAL

Armanda Leite, a jovem de 17 anos que ficou ferida no acidente, continua internada no hospital. 

fonte:http://www.vidas.xl.pt/

publicado por adm às 22:11 | comentar | favorito
27
Out 11

Duarte Lima acusado no Brasil pela morte de Rosalina Ribeiro em 2009

O MP brasileiro acusou o advogado e ex-deputado do PSD Duarte Lima de matar Rosalina Ribeiro por esta se recusar a assinar um documento a negar qualquer depósito de 5,2  milhões de euros na sua conta bancária. 

Segundo o MP do Rio de Janeiro, a filha do milionário,  Olímpia Menezes, descobriu uma série de manobras fraudulentas feitas por  Rosalina Ribeiro e denunciou-a à justiça portuguesa.  

"Ao tomar conhecimento desse facto, Duarte Lima passou a pedir insistentemente  que Rosalina assinasse uma declaração isentando-o de qualquer responsabilidade  em relação aos valores transferidos para a sua conta bancária, afirmando  que ele não possuía nenhum montante que lhe pertencesse", refere o documento  hoje disponibilizado pelo MP.

Rosalina Ribeiro "negou fazer esse favor ao advogado" e, segundo a Promotora  Gabriela de Aguillar, isso tornou-se "peça chave para a incriminação de  Duarte Lima que, ao que tudo indicava, teria de devolver a quantia depositada  na sua conta bancária, no montante de 5.250.229,00 euros". 

O documento disponibilizado pelo MP explica que a vítima tinha contas bancárias conjuntas com Lúcio Tomé Feteira, tendo assumido o controlo destas quando o milionário português morreu, em 2000.  

"O património era avaliado em cerca de 100 milhões de reais  (41,2 milhões  de euros). Com a morte de Tomé Feteira, Rosalina, que não era a única herdeira,  transferiu valores da conta conjunta que mantinha com ele para contas bancárias  apenas em seu nome."  

Depois, adianta o MP, Rosalina Ribeiro "transferiu os valores para contas bancárias de terceiros, entre os quais estava Duarte Lima". 

Para a promotora Gabriela de Aguillar, "o crime foi cometido por motivo torpe".  

"O denunciado matou a vítima justamente porque ela não quis assinar uma declaração de que ele não possuía qualquer valor transferido por ela (Rosalina Ribeiro), não satisfazendo os interesses financeiros do denunciado,  o que demonstra sua ausência de sensibilidade e depravação moral", considera  a acusação. 

No entender do MP do Rio de Janeiro, "o crime foi cometido  sem que fosse possível a legitima defesa da vítima, que tinha 74 anos, para assegurar a vantagem de outro crime, ou seja, o auxílio ao desvio de valores  do espólio de Lúcio Tomé Feteira em prol de Rosalina". 

No documento, a Promotora descreve que, "após marcar um encontro com Rosalina, Duarte Lima foi buscá-la à esquina do quarteirão onde ela morava,  no bairro do Flamengo, no dia 7 de Dezembro de 2009, e levou-a para a Região  dos Lagos".  

"Já na rodovia RJ-118, no Distrito de Sampaio Correia, Município de  Saquarema, por volta das 22h, de acordo com a denúncia, o advogado matou a vítima com disparos de arma de fogo", lê-se. 

fonte:http://sicnoticias.sapo.pt/

publicado por adm às 23:07 | comentar | favorito
27
Out 11

Mais ricos quase triplicaram rendimentos entre 1979 e 2007

Os norte-americanos mais ricos quase triplicaram os seus rendimentos entre 1979 e 2007, enquanto a classe média viu apenas os seus rendimentos aumentarem 40% e os mais pobres 18%, revela um estudo hoje divulgado.

Os rendimentos líquidos de um por cento das famílias mais ricas cresceu 275% entre 1979 e 2007, assinala o estudo elaborado pelo gabinete de ornamentos do Congresso, um órgão não partidário.

Para% da população da classe média, os rendimentos cresceram 40%, enquanto para 20% dos menos afortunados, a subida dos rendimentos foi de apenas 18%.

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 08:26 | comentar | favorito
tags:
26
Out 11

Hulk pintou o cabelo para ganhar 50 mil euros.

O futebolista Hulk, do FC Porto, surpreendeu meio mundo ao surgir no estádio do Dragão com um incrível cabelo louro platinado, mas fê-lo por um bom motivo: o novo visual, alvo de muitas piadas, vai render-lhe 50 mil euros.

Segundo revela o “Jornal de Notícias” de hoje, Hulk mudou de “look” para cumprir um acordo publicitário feito com uma marca comercial.

Desconhecem-se pormenores da campanha publicitária, que dentro em breve será desvendada.

Hulk, que estreou o novo visual no jogo contra o Nacional da Madeira, no passado dia 23, diz que ainda não pode falar sobre o assunto. Mas nota-que está contente com o negócio. Ele e sua mulher, Iran, que gosta de o ver louro e … um bocadinho mais rico.

fonte:http://fama.sapo.pt

publicado por adm às 23:37 | comentar | favorito

Mais de 5.600 jovens candidataram-se ao Porta 65

Mais de 5.600 jovens candidataram-se ao programa de apoio ao arrendamento jovem na fase que começou a 30 de Setembro.

No total, foram 5.634 que pediram a ajuda do Estado, mais 2,2% do que no mesmo período do ano passado.

A crise e as dificuldades na concessão de crédito para compra de casa própria justificam o aumento. No entanto, os resultado das candidaturas não são ainda conhecidos.

Recorde-se que, nas últimas duas fases do concurso, que são feitas conjuntamente em Abril, o Porta 65 Jovem apoiou 5.733 jovens, uma quebra significativa face aos 8.153 jovens apoiados nas mesmas fases de candidatura de 2010 e apesar de se ter registado o maior número de candidaturas desde que o programa entrou em vigor em Dezembro de 2007.

O Governo está ainda a preparar um estudo com o objectivo de introduzir alterações às regras do programa.

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 22:43 | comentar | favorito
26
Out 11

Jorge Costa acusado de agredir a mulher

 

 

Jorge Costa, antigo internacional português e actual treinador doCluj, clube da Roménia, é acusado de ter agredido a mulher na madrugada do passado domingo.

De acordo com a imprensa romena, que tem dado destaque a este caso, Isabel Costa já viajou para Portugal na companhia dos filhos.

Fique a saber tudo na edição desta quinta-feira do jornal Correio da Manhã.

fonte:http://www.vidas.xl.pt/

 

publicado por adm às 22:27 | comentar | favorito
tags:
25
Out 11

Fim da acumulação de subvenções só vale durante 2012

A eliminação das subvenções vitalícias pagas a ex-políticos que trabalham no privado só poderá, por enquanto, vigorar durante o próximo ano, explicou ao Económico o deputado João Almeida.

"Essa limitação só pode vigorar durante o Orçamento do Estado para 2012" porque é nesse âmbito que a alteração está a ser equacionada, adiantou João Almeida, do CDS. Ou seja, as propostas que o CDS e o PSD estão a preparar com vista à eliminação das subvenções vitalícias para quem tem rendimentos no privado será apresentada e aprovada durante a discussão na especialidade do OE2012.

Porém, João Almeida admite que durante a discussão na especialidade do OE, e se se entender que estão "ultrapassadas as limitações constitucionais", poderão estar criadas as condições para que, no futuro, o regime seja revogado "em definitivo".

O PS já admitiu hoje que irá apoiar o fim da acumulação das subvenções vitalícias.

fonte:http://economico.sapo.pt/

 

publicado por adm às 22:12 | comentar | favorito

Euromilhões com jackpot de 26 M€ na sexta-feira

Nenhum apostador acertou na combinação vencedora do Euromilhões esta terça-feira, pelo que o primeiro prémio em jogo na próxima sexta-feira será um jackpot com um valor estimado de 26 milhões de euros.

O segundo prémio será repartido por dois apostadores, ambos de fora de Portugal, cabendo 515 mil euros a cada um. O terceiro prémio vai para três apostadores, também nenhum dos quais de Portugal, com um valor de 114.445 euros.

A chave sorteada é a seguinte: 12 - 22 - 27 - 28 - 39 e as estrelas 04 e 10. 

publicado por adm às 22:01 | comentar | favorito

Portugal tem o maior número de feriados da UE

O ministro da Economia afirmou que Portugal tem o maior número de feriados da união Europeia.

Falando na comissão parlamentar da Segurança Social e do Trabalho, Álvaro Santos Pereira disse que juntando feriados ao número mínimo de dias de férias (22 dias), Portugal está acima dos outros Estados-membros. E salientou que, enquanto a média da OCDE fica em 30 dias, Portugal conta com 37.

Por outro lado, o ministro sublinhou ainda o impacto negativo dos "dias perdidos" em "pontes". Este ano, as tolerâncias de ponto resultam em 9 dias de trabalho perdido. Em 2012, seriam 9, em 2013, 8 e em 2014 7. No entanto, o Governo já se comprometeu a alterar o regime a partir de 2012.

Aumento diário de meia hora é "fulcral"
O ministro da Economia sublinhou hoje que o aumento em meia hora diário nos horários do sector privado é "fulcral" neste "momento de crise", salientando que este é um esforço "colectivo".

O PCP e o Bloco de Esquerda atacaram esta opção do Executivo, mas Santos Pereira reforçou que a medida será temporária. O PS quis saber se esta medida era para manter, salientando que o Executivo também considerava "fulcral" a redução da Taxa Social Única mas depois acabou por trocar esta medida pelo acréscimo de meia hora nos horários.

O ministro admitiu que já tinha defendido a redução da TSU mas salientou que "a margem de manobra é nula" depois da governação do anterior Executivo.

PS contesta utilização de Fundo de Estabilização para políticas de emprego

O deputado socialista Miguel Laranjeiro contestou a medida prevista no programa do Governo de poder utilizar o Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social (FEFSS) para financiar políticas de emprego.

Recorde-se que o FEFSS foi criado para assegurar as pensões por mais alguns anos face ao défice do subsistema previdencial. Em resposta, Santos Pereira questionou se seria justificável que o fundo fosse usado para comprar dívida pública nacional, como fez o Governo anterior.

fonte:http://economico.sapo.pt/

 

publicado por adm às 13:41 | comentar | favorito
tags:
25
Out 11

É preferível baixar salários a eliminar empregos, diz a CIP

António Saraiva, presidente da CIP, sinalizou hoje que também no sector privado terá de haver reduções salariais.

Na conferência do Diário Económico, em Lisboa, para discutir os desafios do Orçamento do Estado, António Saraiva argumentou ser preferível avançar com redução de salários a cortar empregos.

"Até ao final do ano é fulcral que se crie um plano para a nossa economia ou o desemprego será superior ao que está previsto no Orçamento", disse o presidente da CIP, acrescentando que "se nada for feito muitas empresas vão fechar por falta de crédito". Para contrariar a onda de falências, a CIP pede uma reformulação do memorando da ‘troika' e "uma voz mais activa na Europa". Mesmo assim "tenho sérias dúvidas que voltemos aos mercados em 2013", disse também o responsável.

António Saraiva comentou também a medida que prevê um aumento em 30 minutos diárias da carga laboral no sector privado. A medida "faz sentido" e devia ser acompanhada "de uma bolsa anual de trabalho que as empresas possam utilizar anualmente de acordo com a sazonalidade e com as suas necessidades."

Ponto de bifurcação

No mesmo evento, Rui Semedo, presidente do Banco Popular Portugal, declarou que "a Europa está perto do ponto de bifurcação: ou mais Europa ou retrocesso da Europa. Essa é a grande decisão".

O banqueiro sublinhou ainda que "o grande problema" da banca chama-se liquidez e que enquanto a questão da dívida soberana "não estiver resolvida nada é possível".

"Temos que fazer um exercício enquanto sociedade sobre que tipo de País e de sociedade temos. O pior que podia acontecer era, depois de tudo isto, termo o mesmo País e a mesma organização. Temos um modelo que tem que ser profundamente alterado", concluiu Rui Semedo.

Silva Peneda, presidente do Conselho Económico e Social, destacou por seu turno que seria "muito importante, até Março, ter um acordo na concertação social. Dava uma força extraordinária ao País e julgo que há condições para ter um excelente acordo".

Na sua intervenção, Silva Peneda mostrou-se "preocupado com o aumento do incumprimento" na economia e defendeu "um programa para aumentar a competitividade, um plano pensado a cinco ou a sete anos".

fonte:http://economico.sapo.pt/

 

publicado por adm às 13:37 | comentar | favorito