10
Ago 11
10
Ago 11

Madeira quer pagar complemento de 65 euros a pensionistas

Os reformados que vivam na Região Autónoma da Madeira e que recebam até ao salário mínimo regional, que é de 494,70 euros, poderão receber um complemento de 65 euros. Este valor visa compensar os custos de insularidade.

 

A Assembleia da Região Autónoma da Madeira aprovou, no dia 20 de Julho, o pagamento de uma compensação aos pensionistas que residam na Madeira e enviou a Resolução nº 14/2011/M para aAssembleia da República para que esta seja aprovada. 

Esta medida surge a cerca de dois meses das eleições legislativas da Madeira. A 9 de Outubro os madeirenses são chamados a escolher o Governo. Alberto João Jardim é o líder madeirense desde 1976.

Assim, a Madeira propõe que seja pago um complemento de insularidade "aos cidadãos residentes de forma permanente na Região Autónoma da Madeira que usufruam de pensão por velhice, invalidez ou pensão social e que estejam integrados em qualquer um dos sistemas de protecção social vigentes, até ao limite do salário mínimo nacional, a vigorar na Região Autónoma da Madeira", segundo a Resolução que foi hoje publicada em Diário da República.

O salário mínimo que vigora na Região Autónoma da Madeira é de 494,70 euros, mais 9,70 euros do que o salário mínimo nacional (485 euros).

O complemento que está a ser proposto é de 65 euros mensais e “visa assegurar a devida compensação pelos custos de insularidade, a todos os cidadãos residentes na Região Autónoma da Madeira abrangidos pelos sistemas de protecção social vigentes.”

A discussão em torno de um complemento de insularidade é já antiga. Ainda em 2009 a Associação de Reformados e Pensionistas da Madeira entregou uma moção ao grupo parlamentar do PCP com uma proposta a pedir precisamente um complemente de 65 euros às reformas que fiquem abaixo do salário mínimo nacional.

fonte:http://www.jornaldenegocios.pt/

publicado por adm às 23:02 | comentar | favorito
09
Ago 11
09
Ago 11

Mais de 300 reformas milionárias no Estado

O Estado está obrigado ao pagamento de mais 318 pensões milionárias a funcionários públicos desde o início do ano. 

Só para Setembro, contabilizou-se um total de 1.500 novos pedidos de reforma, 35 dos quais acima dos 4 mil euros mensais, de acordo com dados publicados pela Caixa Geral de Aposentações (CGA) e citados esta terça-feira pelo «Correio da Manhã».

Entre os beneficiários das pensões douradas que passam a ser atribuídas a partir do próximo mês estão os antigos comandantes-gerais da GNR, o tenente-general Luís Nelson Ferreira dos Santos e o tenente-general Mourato Nunes, que levam para casa reformas de 5.099 e 4.927 euros, respectivamente.

A corrida às pensões tem sido recorrente ao longo do ano, mas os valores mais elevados estão associados a funcionários públicos nos sectores da Justiça, Ensino Superior e Saúde. As reformas mais elevadas situam-se nos 6.129 euros por mês.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt

publicado por adm às 23:20 | comentar | favorito
tags:
07
Ago 11
07
Ago 11

Mais dois assaltos a turistas em Albufeira

A onda de crimes violentos no Algarve não pára de aumentar. Em Albufeira, três homens armados com uma caçadeira roubaram dois grupos de turistas que vinham na rua dos bares, na Oura.

Os assaltos ocorrem nas zonas mais movimentadas da cidade. E os casos sucedem-se em plena luz do dia. Um minimercado, uma loja de ouro e os cofres do Inatel de Albufeira foram as mais recentes vítimas dos assaltantes. Mas neste último um segurança conseguiu pedir ajuda e a GNR chegou a tempo de impedir o assalto.

As residências particulares também não escapam. Muitas moradias de ingleses residentes em Portugal já foram assaltadas e a violência dos crimes tem deixado a comunidade em alerta.

Mas o atrevimento vai para além dos sítios mais isolados. Têm sido vários os assaltos a ingleses em zonas movimentadas. Há relatos de um inglês que foi assaltado e gravemente ferido depois de ter apanhado um táxi em Albufeira e de o motorista o ter levado de propósito para junto de um grupo de oito pessoas.

Há também a confirmação da morte de dois ingleses em Albufeira. Um homem de 50 anos que foi brutalmente espancado numa rua da cidade e que não resistiu aos ferimentos. E de um jovem soldado que entrou em coma depois de uma queda.

Os vários casos que já levaram as autoridades britânicas a lançar um alerta para os turistas que visitam Portugal. Como resposta, foi anunciado um reforço de patrulhamento de militares da GNR nas ruas de Albufeira.

Depois desta medida já foram conhecidos mais casos de violência. Na madrugada deste sábado, três homens armados com uma arma de canos serrados roubaram dois grupos de turistas ingleses.

fonte:http://www.tvi24.iol.pt

publicado por adm às 16:30 | comentar | favorito
05
Ago 11

Cristina Ferreira separada de Casinhas

A apresentadora de ‘Você na TV', de 33 anos, e António Casinhas, 35, decidiram seguir caminhos opostos, por mútuo acordo, ao fim de 15 anos de relação e um filho em comum, o pequeno Tiago, de 3 anos.

Os consecutivos rumores de traição e infidelidade, a constante perseguição da imprensa e as inúmeras "mentiras" que foram contadas, acabaram por destruir a vida do casal.

Cristina Ferreira deu uma entrevista exclusiva à "Lux" na qual fala sobre o sofrimento que todas as notícias provocaram no seu relacionamento. "Não posso deixar que se crie uma imagem de uma pessoa através de mentiras, quando não foi uma escolha dele o facto de eu ser figura pública.", começou por revelar.

Quando questionada sobre as alegadas traições que foram sendo apontadas a António Casinhas, Cristina reafirmou que acredita totalmente na fidelidade do seu ex-companheiro. "Estive com ele 15 anos. É a imprensa que o conhece melhor do que eu?", perguntou, acrescentando: "O público conhece-me e sabe que não minto. Nunca ia defender ninguém que eu não soubesse que não estava a ser correcto. (...) A minha confiança nele hoje é a mesma de há 15 anos".

Apesar do amor e do respeito que sentem um pelo outro, o desgaste e o sofrimento parecem ter-se tornado insuportáveis para ambos e Cristina Ferreira achou que o melhor era mesmo deixar António Casinhas viver a sua vida em paz, longe dos holofotes da fama. 

Relembre-se que este fim de semana o empresário perdeu as estribeiras e acabou por agredir um fotógrafo durante um evento no Algarve, algo que Cristina atribuiu ao facto de já terem sido "atingidos todos os limites" do razoável com as histórias que sempre se contaram em relação a Casinhas.

"Não dava mais para suportar o sofrimento. (...) Foi uma decisão conjunta. É preciso que as pessoas vivam em paz. A partir de hoje sou só eu para a imprensa, não há mais ninguém à minha volta. (...) Espero que haja respeito pelo meu filho", confessou à "Lux".

No final da entrevista, que assegurou ser "a primeira e a última" sobre este tema, a cara bonita da TVI admite que não sabe se vai "deixar de ser feliz", ou não, com esta decisão, mas, por enquanto, a única coisa que pede é paz para ela, para o seu filho e para António Casinhas.

fonte:http://fama.sapo.pt/

publicado por adm às 23:15 | comentar | favorito
tags:
05
Ago 11

Britânicos viciados usam smartphones na cama, retrete ou mesa de refeições

Há cada vez mais britânicos viciados no uso de smartphones, que usam na cama, retrete ou à mesa das refeições, contribuindo para a mudança de hábitos e a mistura entre vida social e trabalho, indica um estudo hoje divulgado.

Segundo a Ofcom, entidade reguladora das telecomunicações no Reino Unido, quase metade dos adolescentes (47 por cento) e mais de um quarto dos adultos (27 por cento) têm actualmente um destes aparelhos.

Os smartphones são telemóveis com características semelhantes às de um computador pessoal, possibilitando o acesso à internet, correio electrónico, uso de aplicações e câmara fotográfica, cuja popularidade tem aumentado nos últimos anos.

Mais de metade dos inquiridos (59 por cento) confirmou ter comprado um nos últimos 12 meses e muitos, sobretudo os adolescentes, admitiram que mudaram o comportamento social.

A maioria dos utilizadores (81 por cento) dizem que têm o telemóvel sempre ligado, incluindo na cama, e quatro em dez admitem que o usam logo após acordar.

Mais de metade reconhecem que o usam o telemóvel enquanto falam com outras pessoas, um quarto dos adultos e um terço dos adolescentes mexem no smarphone durante as refeições.

Nem a retrete escapa: 47 por cento dos adolescentes e 22 por cento dos adultos não resistem a levar o aparelho para a casa de banho.

Outra consequência do uso cada vez maior de smartphones é uma mistura entre vida social e trabalho.

Trinta por cento dos convertidos afirmam atender chamadas pessoais durante o horário de trabalho contra 23 por cento dos utilizadores dos telemóveis tradicionais.

Mas é também mais provável que um utilizador de smartphones atenda chamadas de trabalho durante as férias, tendo 70 por cento admitido já tê-lo feito e 24 por cento confiado que o faz frequentemente.

Dos utilizadores de telemóveis normais, só 16 por cento atende as chamadas quando vê o número do emprego no visor.

fonte:Lusa/SOL

publicado por adm às 08:26 | comentar | favorito
03
Ago 11

Filipe divide prémio com Ricardo

 

Filipe vai dividir com Ricardo os 25 mil euros que ganhou no concurso ‘Peso Pesado'. "Tenho um compromisso com o Ricardo [com quem fez dupla no programa], que é dividir o prémio de casa", revela ao CM o participante de Nossa Senhora das Neves (Beja) que, ao longo dos quatro meses do programa da SIC, perdeu um total 70,5 quilos, passando de 170,9 para 100,4.

O concorrente entrou para a herdade desempregado e agora pretende dar um novo rumo à sua vida. "O dinheiro deve ser bem gasto e há que ponderar bem e com calma como é que ele vai ser empregue", diz Filipe, que já tem propostas de emprego e não pensa em voltar a trabalhar por conta própria.

"Com a actual conjuntura, não é fácil ter uma empresa. Já fui contactado por algumas pessoas, mas tenho de ponderar e escolher o melhor", sublinha. 

"COMEÇA O GRANDE DESAFIO"

De regresso a casa, no Alentejo, Filipe vai aproveitar para descansar nos próximos dias e matar as saudades do filho Bernardo, com dois anos. Depois, promete regressar aos treino para, dessa forma, manter a linha. "É a partir deste momento que começa o grande desafio", conta.

fonte:http://www.vidas.xl.pt/

publicado por adm às 21:52 | comentar | favorito
03
Ago 11

Luciana e Djaló: Casamento em risco

O casamento de Luciana Abreu e Yannick Djaló já conheceu melhores dias. De acordo com fonte próxima do casal, "eles têm tido discussões constantes, sobretudo porque a Luciana e a mãe do Yannick não se dão nada bem".

A prestação da actriz no ‘Último a Sair’ RTP, também terá contribuído para o mal-estar. "Ela disse coisas que o Yannick considerou humilhantes. E claro que ele não gostou de a ver na banheira com o Rui Unas, mesmo que fosse no programa", diz a mesma fonte.

fonte:http://www.vidas.xl.pt/noticias/nacionais/detalhe/luciana_e_djalo_casamento_em_risco.html

 

publicado por adm às 21:50 | comentar | favorito
01
Ago 11
01
Ago 11

Transportes voltam a subir em Janeiro com a inflação

Álvaro Santos Pereira disse hoje que os preços dos transportes podem voltar a aumentar em Janeiro, com base na inflação.

Numa entrevista à RTP, a comentar a subida dos preços dos transportes públicos, que subiram hoje em média 15%, o ministro da Economia apontou para novas actualizações em Janeiro, mas com base na inflação.

"Nós vamos fazer todo o possível para esse aumento ser actualizado só tendo em conta a inflação. Vamos fazer uma reestruturação do sector. Estamos a estudar a melhor forma de o fazer, de forma a reduzir custos dessas empresas, fazer com que as pessoas não tenham que pagar novamente preços substanciais".

"As empresas de transporte público como estão são insustentáveis", disse o ministro da Economia.

"Durante anos a fio vários governos decidiram transferir os custos das empresas públicas de transporte para os nossos filhos, para os próximos governos e para outros decisores. Os preços dos transportes não foram actualizados à inflação o que fez com que aumentasse a dívida dessas empresas a um ponto totalmente insustentável", acrescentou Álvaro Santos Pereira.

Segundo o ministro, a dívida total das empresas de transporte neste momento ronda os 17 mil milhões de euros. "São cinco TGV Lisboa-Porto". Os encargos com juros, só em 2010, foram 590 milhões de euros. Os prejuízos dessas empresas foram 940 milhões de euros, acrescentou.

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 22:35 | comentar | favorito