31
Ago 11
31
Ago 11

Descoberto novo “buraco” financeiro na Madeira

Ministro Vitor Gaspar apresenta hoje documento de estratégia orçamental. Governo quer que o défice em 2015 seja de zero por cento à conta do aperto de cinto e contenção nos gastos.

 

Afinal, a situação financeira madeirense é ainda mais grave. A Troika descobriu um novo “buraco” de 223 milhões. 

Como consequência, o défice público nacional deste ano vai sofrer um desvio, não de 277 milhões de euros como disse a troika a 12 de Agosto, mas sim de 500 milhões, revelou fonte oficial da Comissão Europeia, citada pelo “Diário de Notícias”. 

Os prejuízos de uma empresa que construía estradas foram parar às contas do Estado. Por causa disso, o défice nacional pode passar a barreira dos 6% em vez de ficar nos 5,9% previstos. 

Fonte do gabinete do comissário europeu Olli Rehn, líder dos Assuntos Económicos, diz que a situação financeira ruinosa de uma empresa detida pelo governo regional de Alberto João Jardim e a extinção de uma sociedade que promovia obras rodoviárias em regime de parcerias públicas privadas (PPP) são responsáveis por um agravamento do défice nacional equivalente a 0,3% do PIB.

 

O buraco nas contas da Madeira deixa em risco a meta orçamental para este ano, segundo o presidente do Instituto Superior de Economia e Gestão. À Renascença, João Duque lembra que 500 milhões de euros "não são nada fáceis de compensar", sobretudo a quatro meses de terminar o ano.

O candidato do Partido Socialista às eleições regionais, de 9 de Outubro, diz que esta é mais uma situação de grande gravidade. Maximiano Martins considera o “buraco” orçamental põe em causa a "credibilidade externa" da Madeira. 

“Ter-se descoberto, em poucos meses, cerca de 500 milhões de valores não reportados anteriormente é uma situação de enorme 


Maximiano Martins diz que buraco põe em causa credibilidade da Madeira

gravidade”, sublinha.

Uma informação revelada no dia em que o ministro das Finanças explica as grandes linhas da política económica e orçamental a médio prazo. O Governo quer que o défice em 2015 seja de zero por cento à conta do aperto de cinto e contenção nos gastos. Mas a distribuição do esforço também está definida: um terço é pelo lado da receita e dois terços pelo lado da despesa. 

O “Diário Económico” avança hoje que o Governo prepara-se para reduzir ainda mais o pessoal da função pública. O corte dos salários não chega e o Executivo pode aumentar a meta de redução dos funcionários públicos, de 1 para 2% por ano. Ou seja, vão ter de sair cerca de 10 mil, o dobro do previsto no memorando da ajuda externa.

fonte_:http://rr.sapo.pt/i

publicado por adm às 12:28 | comentar | favorito
30
Ago 11

Euromilhões com jackpot de 114 M€ na sexta-feira

Pelo nono concurso consecutivo nenhum apostador acertou na combinação vencedora do sorteio do Euromilhões desta terça-feira, engordando o jackpot em jogo na próxima sexta-feira para um valor estimado de 114 milhões de euros.

Quatro apostadores, nenhum dos quais de Portugal, acertaram no segundo prémio, ganhando 354.815,35 euros.

O terceiro prémio foi para oito apostadores, também todos de fora de Portugal, embolsando cada 59.135,89 euros.

A chave do sorteio de hoje foi a seguinte: 02-08-10-19-46 e as estrelas são o 5 e o 9. 

fonte:http://diariodigital.sapo.pt/

publicado por adm às 23:22 | comentar | favorito

Novos passes. Governo dá bónus maior a Lisboa do que ao Porto

Os utentes de transportes públicos mais pobres do Porto são mais penalizados que os de Lisboa quando forem pedir o novo passe social, medida anunciada ontem pelo Ministério da Economia.

De acordo com cálculos do Dinheiro Vivo, a bonificação média que o Governo dará aos elementos das famílias mais pobres da região da Grande Lisboa rondará os 28% (diferença entre o preço normal dos passes e o custo do novo "Passe Social +"). No Grande Porto, o desconto para os mais carenciados será, em média, 25% face ao preço normal, actualizado a 1 de Agosto último.

Confrontado com estas diferenças, o Ministério da Economia escusou-se a dar quaisquer explicações adicionais.

Como noticia a edição de hoje do DN/Dinheiro Vivo, a atribuição destes bónus aos utentes mais carenciados é bastante limitada pois só abrange os passes intermodais, deixando de fora todos os combinados e os passes próprios (emitidos em exclusivo pelas transportadoras). Isto é, a tarifa social só se aplica aos passes intermodais de Lisboa (Carris/Metro, toda a série L, às modalidades 12, 23 e 123) e aos intermodais do Porto (as nove zonas do Andante).

De acordo com o ministério liderado por Álvaro Santos Pereira, as bonificações às famílias mais pobres, cujo rendimento médio individual seja inferior a 545 euros brutos por mês, serão relativamente generosas e mais do que compensam o aumento médio de 15% das tarifas dos transportes decretado no início de Agosto.

O bónus mais baixo acontece no caso do passe Andante Z3 (Porto), com um desconto de 24,9%; o mais generoso surge no caso do L123, em que a bonificação chega aos 29%.

fonte:http://www.dinheirovivo.pt/

publicado por adm às 16:33 | comentar | favorito
tags:

Metade dos automóveis nas ex-SCUT após portagens

As ex-Auto-estradas Sem Custos para o Utilizador (SCUT) perderam, num ano, até metade do tráfego que tinham no primeiro trimestre de 2010, segundo os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Infra-estruturas Rodoviárias (INIR).

É o caso da concessão da Costa de Prata em que, de uma média diária de 45.798 viaturas, nos três primeiros meses de 2010, passou para 21.901 viaturas, no primeiro trimestre deste ano, já com o efeito da introdução de portagens.

Ou seja, no espaço de um ano, A25 e A29 registaram uma quebra total de 52,2 por cento no tráfego diário, indica o relatório do INIR, a que a Lusa teve hoje acesso.

No caso da A28, auto-estrada da Concessão Norte Litoral, que liga Viana do Castelo ao Porto, passou de um tráfego diário de 32.255 viaturas no primeiro trimestre de 2010, para 24.057 nos primeiros três meses deste ano, correspondendo a uma quebra superior a 25 por cento.

O mesmo cenário foi registado na Concessão do Grande Porto, em que a A41 perdeu mais de 21 mil veículos por dia no primeiro trimestre de 2011.

Esta via, antes em regime SCUT, registava 43.365 viaturas por dia, mas entre Janeiro e Março deste ano passou para 22.311.

Quanto à A42, de 24.698 viaturas passou para uma média diária, no primeiro trimestre deste ano, de 12.691.

No total, segundo os indicadores do INIR, a Concessão do Grande Porto passou de um movimento diário de 38.433 para 21.578 viaturas, uma quebra de 44 por cento, entre períodos homólogos.

À excepção da A1, entre Porto e Lisboa, que registou um crescimento médio de tráfego nos três primeiros meses de 2011, cerca de 6,1 por cento comparando com o ano anterior, todas as restantes auto-estradas viram o número de utilizadores diminuir, com as maiores perdas a registarem-se nas antigas SCUT.

Segundo dados disponibilizados à Lusa em Julho, a cobrança de portagens nas três antigas SCUT do Norte rendeu à Estradas de Portugal, nos primeiros seis meses, cerca de 56 milhões de euros.

Deste total, 26 milhões de euros foram cobrados no primeiro trimestre deste ano.

A cobrança de portagens nas antigas SCUT é feita desde 15 de Outubro de 2010.

 

fonte:Lusa/SOL

publicado por adm às 15:21 | comentar | favorito
30
Ago 11

Mancha avistada na Praia do Porto Santo não constitui perigo

A mancha acastanhada que, na passada segunda-feira, colocou em alerta as autoridades do Porto Santo já se dissolveu e não constitui perigo para a saúde pública.

Durante o dia de ontem «foram avistados focos de uma mancha difusa de cor castanha dispostos longitudinalmente ao longo da praia», explica o Comandante Pedro Amaral Frazão, Capitão do Porto do Porto Santo.

De acordo com o responsável pelo comando da zona marítima do arquipélago da Madeira, a mancha avistada «não é de natureza oleosa e não contém hidrocarbonetos», o que significa que a possibilidade de se tratar de petróleo está afastada.

Ainda antes de serem conhecidos os resultados das análises, o Comandante Amaral Frazão avança que deve tratar-se de «detritos orgânicos» arrastados para perto da costa pelas marés vivas.

Ao ter sido avistado o ajuntamento de detritos, foi accionada a Polícia Marítima que recolheu amostras e verificou não ser necessário evacuar os banhistas da praia.

Apesar dos detritos se encontrarem a cerca de «15 metros da linha de praia», quem estava na praia do Porto Santo manteve-se na praia sem alarmismos, explicou ao SOL o Capitão Amaral Frazão.

fonte:http://sol.sapo.pt/

publicado por adm às 15:19 | comentar | favorito
tags:
28
Ago 11

Rita Pereira ao lado de novo 'amigo'

Dois meses depois da morte de Angélico, o antigo namorado, Rita Pereira parece voltar a ter motivos para sorrir.

A actriz, que dá vida a ‘Helena’, na novela ‘Remédio Santo’, TVI, foi vista na companhia de António Pereira, vocalista dosExpensive Soul.

Os dois amigos mostraram-se cúmplices e, de acordo com a revista ‘Lux’, até levaram a cadela de Rita Pereira, Hyndia, ao veterinário. Tinham passado a tarde em casa da actriz. 

fonte:http://www.vidas.xl.pt/n

publicado por adm às 20:10 | comentar | favorito
28
Ago 11

Sara e Irina deslumbram

A manequim portuguesa Sara Sampaio não pára de somar sucessos no estrangeiro. Aos 20 anos, a jovem do Porto vai estar, em Setembro, na capa da revista ‘Marie Claire', edição francesa, e também vai dar a cara numa campanha internacional da marca Replay, ao lado da namorada de Cristiano Ronaldo, a modelo russa Irina Shayk, 25.

A viver em Paris, Sara já foi a imagem da Lanidor e da Blumarine, e participou em produções de moda em algumas das mais conceituadas revistas, como a ‘Vogue' e ‘Glamour' espanholas e ‘Elle' e ‘Biba', francesas. Recentemente, foi uma das protagonistas da campanha mundial da Axe.

Com 1,72m de altura, as medidas 81-60-87 e de os olhos verdes, Sara é representada por sete agências europeias, nomeadamente a portuguesa Central e a Marilyn (que tem na sua lista nomes comoClaudia Schiffer ou Kate Moss). 

fonte:http://www.vidas.xl.pt/

publicado por adm às 20:10 | comentar | favorito
tags:
27
Ago 11
27
Ago 11

"Jackpot" de 97 milhões no Euromilhões

Nenhum apostador acertou na chave completa do Euromilhões, pelo que haverá um 'jackpot' de 97 milhões de euros na terça-feira, anunciou o Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

O segundo prémio, de 133.252,59 euros, foi atribuído a 16 jogadores, incluindo quatro com aposta registada em Portugal.

Já o terceiro prémio, no valor de 41.804,73 euros, coube a 17 apostadores, cinco dos quais com boletim entregue em Portugal.

A chave completa do sorteio de hoje do Euromilhões é composta pelos números 12 - 22 - 25 - 33 - 45 e pelas estrelas 5 - 7.

fonte:http://www.jn.pt/

publicado por adm às 17:31 | comentar | favorito
26
Ago 11

Fim das deduções provoca antecipação de despesas de saúde

Se tiver gastos para fazer na área da saúde e se puder, antecipe-os até ao final do ano. Assim, ainda poderá proceder às deduções e ser reembolsado na declaração de rendimentos de 2011, a ser apresentada no início do próximo ano.

No memorando de entendimento com a troika está previsto que o ano de 2011 seja o último em que as despesas de saúde serão deduzidas sem limite. No IRS de 2011, que terá de ser apresentado entre Fevereiro e Abril de 2012, ainda vai ser considerado 30% de todas as despesas de saúde que os contribuintes apresentarem, aceitando deduzi-las enquanto houver IRS a pagar.

Mas em 2013, quando for feita a entrega da declaração de rendimentos de 2012, os contribuintes vão sentir na pele o fim das deduções nas despesas da saúde, educação e habitação.

Em 2009, os portugueses pouparam 703 milhões de euros no IRS, só em despesas de saúde. Este foi um valor recorde, sem comparação possível nos antes anteriores, de acordo com  o Jornal de Negócios.

No ano de 2006, os portugueses pouparam 554 milhões de euros, em 2007, a poupança foi de 610 milhões de euros, um aumento de 10%. Em 2008, as deduções na saúde chegaram aos 649 milhões de euros, mais 6% em relação ao ano anterior, e em 2009, voltaram a aumentar 8%, para os 702,6 milhões de euros.

A saúde é a despesa mais popular no IRS, sendo aproveitada por 3,3 milhões de agregados familiares, e em média, cada agregado poupa cerca de 213 euros anualmente no IRS. Esta dedução representa também a maior despesa fiscal para o Estado, com os juros e amortização de crédito à habitação, a vir a seguir.

Alterações nas deduções da Saúde:

Até agora, a Administração Fiscal permite que por cada 100 euros de despesa com saúde (medicamentos, óculos, aparelhos para os dentes, consultas) se abatam 30 euros ao imposto a pagar. E estabelece ainda que não haja qualquer limite na declaração deste tipo de despesa. Em 2012 já não será assim. 

No memorando que assinou com Portugal, a troika estipula que até ao final de Setembro, seja aprovada legislação que crie "um tecto global" para estas despesas. A medida terá um forte impacto na factura de IRS das famílias. Basta referir que os portugueses apresentaram uma média de 650 milhões de euros por ano em despesas de saúde ao longo dos últimos anos e que a troika quer que sejam eliminados "em dois terços do total" as deduções fiscais em encargos de saúde.

fonte:http://www.dinheirovivo.pt

publicado por adm às 22:22 | comentar | favorito
26
Ago 11

Disco de Amy Winehouse bate recorde

‘Back to Black’, último disco da falecida cantora Amy Winehouse, é desde ontem o mais vendido do século XXI no Reino Unido, com 3,25 milhões de cópias.

TONY BENNETT LIDERA TRIBUTO

O veterano Tony Bennett será anfitrião da homenagem a Amy Winehouse que a MTV vai promover no próximo domingo em Los Angeles (EUA) integrado na entrega dos Video Music Awards.

Bennett, que gravou um single em dueto com Amy Winehouse em Março – naquela que seria a última sessão de trabalho da cantora, falecida a 23 de Julho –, diz que foi uma experiência inolvidável.

"Gravar com Amy Winehouse foi emocionante, e o tema que cantámos juntos, ‘Body and Soul’, é o testamento do seu génio artístico e do seu brilhantismo. Amy foi um dos músicos mais honestos que conheci", disse o cantor, de 85 anos.

Na secção do espectáculo dedicada a Amy, deverão actuar artistas como Adele, Lady Gaga, Jessie J e Bruno Mars.

fonte:http://www.vidas.xl.pt

publicado por adm às 15:25 | comentar | favorito