Preço do café vai subir 10 cêntimos. Pão também fica mais caro

O preço do café que agora custa, em média, 60 cêntimos, pode ficar cinco a dez cêntimos mais caro já em Janeiro, reflectindo no consumidor um duplo efeito da subida da taxa de IVA do produto e na restauração.

Também o pão e os bolos vão aumentar em 2012, tal como a luz.

O próximo ano será, por isso, difícil. A maioria das medidas anunciadas pelo Governo vão mexer no seu bolso.

Portugueses duplamente penalizados

A presidente da Associação Industrial e Comercial do Café (AICC), Maria José Barbosa, admitiu que esta «é uma opinião pessoal», já que serão sempre os cafés e restaurantes a fixarem os seus preços, mas garantiu que a «bica» terá de subir, cinco cêntimos, no mínimo, ou dez cêntimos no máximo.

«Podem haver casas que sacrifiquem as suas margens comerciais e suportem este aumento, mas julgo que serão situações muito excepcionais», adiantou citada pela Lusa.

Os consumidores vão ser duplamente penalizados: a indústria vai vender mais caro ao comércio e os comerciantes vão vender mais caro aos clientes.

Isto porque o café é um dos produtos que viu ser alterada a taxa de IVA de 13 para 23%, aumento igual ao que foi fixado para os serviços de restauração.

Os industriais do café encaram as subidas com preocupação, até porque o canal HORECA (hotéis, restaurantes e cafés), representa cerca de 80% das vendas.

«A indústria de torrefacção adivinha um ano péssimo, com a perda do rendimento disponível das famílias e a recessão que está prevista. Se tivermos uma diminuição de vendas considerável vai ser difícil mantermos os mesmos postos de trabalho», rematou a mesma fonte.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/e

 

publicado por adm às 22:27 | comentar | favorito