Famosos somam lucros

Separada do futebolista Simão Sabrosa há cerca de um ano, Filipa Valente, de 35 anos, começa agora a pensar no futuro e, além da empresa de decoração de que é sócia, está a planear investir num novo negócio. A empresária, que recebe todos os meses do ex-marido 7500 euros para os filhos, não baixa os braços e quer abrir uma loja de roupa para crianças.

"Os filhos têm sempre que se vestir e têm prioridade em relação aos pais. Somos capazes de abdicar de coisas para nós e comprar para eles, por isso é um bom investimento", começa por contar a ex-mulher do futebolista, acrescentando, no entanto, que primeiro vai ponderar os riscos financeiros de abrir portas a mais um negócio.

MANTER NÍVEL DE VIDA

"É uma coisa que ando a estudar: sou terra a terra. Os meus pais sempre me ensinaram a ser ponderada e desde pequena que sou muito poupadinha. Mas acho que será um bom investimento. Além do mais, se não tivermos iniciativas não há comércio e os trabalhadores vão para o desemprego. E tenho pena de ver Portugal assim".

Filipa Valente engrossa, desta forma, a estatística de figuras públicas que, para manter o nível de vida, começam a pensar em novas fontes de rendimento. Actualmente, são muitos os famosos que acumulam actividades profissionais e esperam, assim, enfrentar os dias complicados que se vivem.

Para amealhar mais dinheiro, a ex-mulher de Carlos CruzRaquel Rocheta, vende pulseiras a um euros através da sua página doFacebookHerman José vai ter a sua própria linha de camisas.José Pedro Vasconcelos inaugurou um espaço de turismo rural no Alentejo e Margarida Vila-Nova mudou temporariamente de país para abrir um novo negócio.

VIVER PARA O ESTRANGEIRO

Em parceria com o marido, o realizador Ivo Ferreira, a actriz decidiu inaugurar uma mercearia portuguesa em Macau e, segundo conta, vai conciliar o negócio com a representação.

"Percebemos que havia espaço para uma loja com produtos portugueses de qualidade em Macau e decidimos avançar, mas vou viver duas vidas em paralelo. Não deixei de ser actriz e continuo a ter contrato de exclusividade com a TVI. Por isso, volto a Portugal para o ano devido a compromissos profissionais e continuo a gerir o negócio", revela Margarida Vila-Nova, que está a um mês de ser mãe.

DA TV PARA A LOJA

Se, para alguns, a segunda actividade profissional foi uma decisão tomada para ajudar a equilibrar as contas, há quem já tenha pensado nisso há vários anos. É o caso de Cristina Ferreira, de 34 anos que, em paralelo com a apresentação do programa da TVI ‘Você na TV’ – onde ganha perto de quatro mil euros –, gere o seu próprio negócio. Sempre que sai dos estúdios a apresentadora passa pela sua loja de roupa, na Malveira.

"Sempre gostei de roupa e uma vez que tinha de escolher conjuntos para usar todos os dias no programa pensei: ‘porque não escolher a roupa numa loja minha’", explica a apresentadora, que não perde uma oportunidade de publicitar o seu espaço.

LIVROS SÃO OPÇÃO

Os negócios estão cada vez mais na moda entre os famosos mas, para aqueles que não pretendem investir mais do que o seu próprio esforço, são os livros que levam a melhor. Hoje em dia tudo é pretexto para escrever algumas linhas e quase já não há figura pública que não tenha escrito um livro.

A apresentadora Fátima Lopes, de 42 anos, e a actriz Bárbara Norton de Matos, de 32, decidiram começar a escrever romances nos tempos livres e a relações-públicas Cláudia Jacques, de 46, decidiu passar para papel o seu segredo para manter a forma, numa ideia seguida também pela apresentadora Marisa Cruz, de 37.

O investimento costuma dar bom retorno e, como a imagem também ajuda a vender, há quem consiga óptimos resultados num curto espaço de tempo. Que o diga a apresentadora Fátima Lopes que, com o quarto romance, ‘Amigas para Sempre’, conseguiu vender 30 mil exemplares em apenas 15 dias.

A altura escolhida para o lançamento dos livros é quase sempre um mês antes do Natal e, depois de já estar no mercado, há que começar a pensar no próximo. Fátima Lopes já vai para o quinto e, apesar de garantir que a sua motivação é a escrita, a verdade é que os números falam por si.

"Já estou a preparar o próximo livro, pois fiquei com o bichinho da escrita. É uma coisa que me dá muito prazer e tenho sempre imensas ideias", revela. Ideias comuns a muitos colegas do meio televisivo e social que pensam em tudo para... combater a crise.

DO PORTO PARA LISBOA

Há sensivelmente um ano, Ricardo Trêpa mudou toda a sua vida por causa de um novo desafio. O actor tem, em sociedade, o restaurante D’Oliva, o que o obrigou a deixar o Porto para viver em Lisboa. Ainda que a representação seja a sua vida, dedica-se "a tempo inteiro" à nova aventura.

TURISMO RURAL NO ALENTEJO

Afastado da televisão desde 2009, José Pedro Vasconcelos dedicou-se à restauração – com o restaurante Santo António de Alfama, em Lisboa. Mais recentemente decidiu mudar da capital para o Alentejo e abriu, em Évora, um espaço de turismo rural – onde vive –, o Imani Country House.

NO MUNDO DAS CAMISAS

Como forma de combater a crise e ainda dar o seu contributo na moda, Herman José vai lançar uma linha de camisas. "Não encontrei no mercado padrões e linguagem estética que me satisfizessem", diz o apresentador, acrescentando que as peças são de "bom custo e alta qualidade".

DOS CONCURSOS PARA A ESTÉTICA

Ainda apresentava o concurso das madrugadas da TVI, ‘Sempre a Somar’, quando resolveu abrir uma clínica de estética. E, apesar de estar há algum tempo afastada do pequeno ecrã, a verdade é que o espaço de beleza tem sido fundamental na vida económica de Liliana Aguiar.

PULSEIRAS E LIVROS NA NET

Sem trabalho e na altura em que ainda vivia com Carlos CruzRaquel Rocheta começou a vender as pulseiras dos decenários pela internet. Agora, após a separação do antigo apresentador, lançou um livro sobre o drama que viveu com o caso Casa Pia. E vende exemplares autografados pela internet.

NA RESTAURAÇÃO

A tragédia que se abateu na vida de Luís Lourenço obrigou-o a enfrentar uma nova realidade. Após participar em ‘Perdidos na Tribo’, TVI, o pai do actor terá cometido suicídio, antecipando os planos que Luís tinha em ajudá-lo no restaurante. Agora, o actor gere o Maria Minhota, em Carcavelos, com a ajuda da namorada, Joana Caçador.

MANEQUIM E EMPRESÁRIO

Há mais de uma semana, Luís Borges iniciou uma nova fase da sua vida. O manequim internacional inaugurou uma loja de roupa com a assinatura de estilistas nacionais, inserida no espaço de beleza do marido,Eduardo Beauté. "É uma forma de contornar a crise e promover o que é português", considera Luís Borges.

ENTREVISTAS EM LIVRO

Marta Leite Castro viu, nas entrevistas que fez no programa ‘Só Visto’ (RTP 1), uma oportunidade de negócio. A apresentadora pôs em livro as conversas para assim ganhar com as receitas do livro.

PARA OS MAIS PEQUENOS

Quem também resolveu enveredar pela escrita foi Tânia Ribas de Oliveira. Em Julho, a apresentadora da RTP lançou o seu primeiro livro infantil, ‘Sara, a Menina que Gostava da Chuva’.

fonte:http://www.vidas.xl.pt/

publicado por adm às 19:48 | comentar | favorito
tags: