Venda de carros cai para metade em Novembro

Venderam-se pouco mais de 9.500 ligeiros de passageiros em Portugal no mês passado, menos 49% do que no mesmo mês de 2010.

Há onze meses consecutivos que as vendas de carros descem em Portugal, reflexo do adensar da crise, da austeridade e dos receios em relação ao futuro.

O mês de Novembro não só representou uma continuação da tendência de quebra como ainda acentuou a descida dos últimos meses.

Os dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP) divulgados hoje mostram que venderam-se 9.519 veículos ligeiros de passageiros no último mês, o que representa uma quebra de 48,8% face ao mesmo período do ano passado. 

A Renault registou uma quebra de 41% com mil carros escoados, a Ford, a Citroen e a Fiat registaram, por seu turno, quebras superiores a 50% nas vendas de Novembro. 

A ACAP revela que desde o início do ano, as vendas de automóveis ligeiros de passageiros desceram 27% face a 2010. 

Mas a quebra nas vendas mensais em Novembro estendeu-se também à categoria de ligeiros comerciais (-26%) e veículos pesados (-58,2%), que acumulam uma quebra de 26% e 12%, respectivamente, no acumulado do ano.

fonte:http://economico.sapo.pt/

 

publicado por adm às 22:41 | comentar | favorito
tags: