Stress está a afectar gestores de topo

Com a crise financeira, gestores de topo, corretores e banqueiros têm visto a pressão aumentar. Mas há dicas para aliviar a tensão

Gestor de topo, corretores, banqueiros: actividades sujeitas a altos níveis de stress e que com a crise financeira só têm visto a pressão aumentar.

Sofre a saúde e multiplicam-se estratégias para lidar com a tensão de uma economia cada vez mais 
adversa. No sobe e desce das bolsas, quem sofre é a pressão arterial que sobe cada vez que as cotações descem.

Num contexto de incerteza e de volatilidade não é de admirar que o stress de quem trabalha nos mercados de capitais aumente. 

Há quem tenha visto um enfarte como um aviso de que o «conta-rotações andava no vermelho há demasiados anos» e decidiu mudar de vida. E quem tenha procurado alternativas: sair à hora certa, saber delegar ou procurar um desporto para libertar a pressão.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/e

publicado por adm às 22:27 | comentar | favorito
tags: