Crise fez aumentar taxas de suicídio em nove países

Já lhe chamam "a depressão da recessão".

A crise financeira que rebentou em 2008 conduziu a um aumento das taxas de suicídio em nove de dez países europeus analisados num estudo publicado hoje na revista The Lancet.

A investigação preliminar, conduzida por especialistas dos Estados Unidos e do Reino Unido, detectou, entre 2007 e 2009, uma subida nas taxas de suicídio de pessoas em idade activa (abaixo dos 65 anos) em nove dos dez países da União Europeia analisados - Áustria, Finlândia, Grécia, Irlanda, Holanda, Reino Unido, República Checa, Lituânia e Roménia.

Entre 2007 e 2009, o desemprego aumentou em um terço nos dez países estudados e apenas na Áustria, de todos os países o menos exposto à crise financeira, as taxas de suicídio diminuíram.

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 19:13 | comentar | favorito
tags: