Grupo propõe extinção da ERC e fim da publicidade na RTP

Grupo de trabalho que analisou o serviço público de media recomenda ainda a extinção da RTP Informação.

O grupo de trabalho liderado por João Duque que analisou o serviço público de media em Portugal recomenda a extinção do órgão regulador da comunicação social, ERC, em nome da auto-regulação, e o fim da publicidade na RTP, "porque o operador público não deve concorrer com a comunicação social privada".

"Tendo em conta a relação próxima do órgão regulador da comunicação social, ERC, com os media, públicos ou não, propomos que a regulação resulte, em primeiro lugar, da auto-regulação. A ERC deve ser extinta. Em caso de conflitos, a regulação deve ser realizada pelos tribunais", lê-se no documento que o grupo de trabalho entregou hoje no Parlamento.

Em relação à publicidade comercial nos canais públicos, o grupo defende que esta deve terminar, em qualquer formato, incluindo a colocação de produtos no ou nos canais de serviço público de televisão.

No total são 35 as recomendações propostas pelo grupo de trabalho. Entre elas incluem-se ainda a fusão da RTP África e Internacional, por se considerar que "o Estado deve concentrar o serviço internacional num único canal, com o objectivo de manter e desenvolver a presença externa do país projectando a língua portuguesa", e o fim a RTP Informação. "Consideramos que os canais privados garantem amplamente serviços de informação suficientes, pelo que não se justifica a sua manutenção", justifica o grupo coordenado por João Duque.

Sobre a RTP Açores e RTP Madeira, o grupo considera que "a sua missão histórica está terminada".

O grupo deixa ainda uma nota sobre a privatização de um dos canais públicos que está a ser levado a cabo pelo Governo. "Num qualquer processo de privatização recomendamos que o Governo acautele os impactos no mercado da comunicação social cuja independência e pluralidade é um valor em si mesmo", refere o documento.

fonte:http://economico.sapo.pt/

 

publicado por adm às 21:33 | comentar | favorito
tags: