PS quer Parlamento a beber água da torneira

A medida vai ser proposta esta terça-feira pelo deputado socialista Pedro Farmhouse.

O PS vai propor na terça-feira que a comissão parlamentar de Ambiente passe a consumir água da torneira, uma medida para dar o "exemplo" no Parlamento onde se consomem anualmente mais de 45 mil garrafas de água.

A iniciativa do deputado Pedro Farmhouse pretende igualmente que a comissão faça a avaliação do impacto financeiro e ambiental da medida no final da sessão legislativa, para o seu possível alargamento às outras comissões e serviços da Assembleia.

Na Assembleia da República foram consumidas 45 mil e 288 garrafas de água de 0,33 l, entre Janeiro e Novembro de 2010, assim como 1986 garrafas de 1,5 litros, a que se juntam 930 garrafões de 18,9 litros e 78 mil e 200 copos de plástico, segundo dados da divisão de aprovisionamento citados pelo PS.

De acordo com os mesmos dados, trata-se de um consumo total de 35 mil e 501 litros de água mineral, a uma média de 150 litros por dia, e de 125 mil e 474 resíduos de plástico (garrafas e copos), com um custo de mais de oito mil euros para o Parlamento.

A proposta surge na sequência da audição na comissão da relatora especial das Nações Unidas para o Direito Humano à Água, Catarina Albuquerque, e pretende dar "o exemplo" e ser "um primeiro passo" para que a medida seja replicada "noutros órgãos de soberania e instituições públicas".

A iniciativa de Pedro Farmhouse recupera uma ideia materializada num projecto de resolução socialista que foi aprovado na legislatura passada recomendando a utilização de água da torneira em todo o Parlamento, mas que acabou por não ser concretizado porque o conselho de administração entendeu não poderem ser garantidas as condições de higiene.

fonte:http://economico.sapo.pt/

 

publicado por adm às 20:48 | comentar | favorito