Subida do IVA na luz e gás fez aumentar a inflação

Os preços em Portugal voltaram a subir em Outubro, impulsionados pela alteração das taxas do IVA sobre a eletricidade e o gás natural.

Um relatório do Instituto Nacional de Estatísticas (INE) revelou hoje que a inflação homóloga em Portugal acelerou para 4,2% em Outubro, face aos 3,6% registados no mês anterior.

No documento, o INE explica que esta evolução "esteve fundamentalmente associada à alteração das taxas do IVA sobre a electricidade e o gás natural", que passaram de 6% para 23% a 1 de Outubro. Recorde-se que a medida consta do memorando de entendimento entre a ‘troika' e Portugal e estava prevista apenas para o próximo ano, mas o Governo de Passos Coelho decidiu antecipá-la para o último mês.

O INE adianta que, excluindo os preços da energia e dos alimentos não transformados, a taxa de inflação manteve-se nos 2,5% registados em Setembro.

Em termos mensais, a inflação fixou-se em 0,9% em Outubro, uma décima acima do nível verificado no mês anterior, o que coloca em 3,3% a inflação média dos últimos doze, acrescenta o INE.

Diz ainda o INE que o Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) português, que é utilizado nas comparações europeias, fixou-se em 4% em Setembro, em termos homólogos, mais cinco décimas do que em Outubro.

Este número ficou também um ponto percentual acima da taxa média de 3% estimada pelo Eurostat para a zona euro para o mês em análise.

fonte:http://economico.sapo.pt/

 

publicado por adm às 00:06 | comentar | favorito
tags: