Feriados do Corpo de Deus e 15 de Agosto podem acabar

Bispos já fizeram a sua proposta e esperam agora que Governo indique os dois feriados civis de que pretende abdicar.

Os bispos católicos portugueses consideram intocável o feriado de 8 de Dezembro e esperam que as negociações sobre a mudança da data de celebração dos feriados religiosos se centrem sobre o do Corpo de Deus e o da Assunção de Nossa Senhora.

"Não temos dificuldade em aceitar [a mudança] no caso do Corpo de Deus [que se celebra entre Maio e Junho, 60 dias após a Páscoa], algo que acontece em boa parte da Europa", acentuou o cardeal-patriarca de Lisboa e presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP).

"Gostaríamos que o 8 de Dezembro fosse intocável e que as negociações andassem à volta do 15 de Agosto [Assunção de Maria]", informou ainda José Policarpo, sublinhando que perante estas duas festas marianas os bispos concordam que só se celebre um feriado religioso em honra de "Nossa Senhora".

Os bispos portugueses, segundo o presidente da CEP, "têm dificuldade em aceitar" uma mudança no caso do feriado religioso em que se celebra a Imaculada Conceição [8 de Dezembro], "uma festa universal em Portugal, com uma grande tradição ligada ao sentido da restauração".

O cardeal-patriarca confirmou que em cima da mesa está "a anulação de dois feriados civis e dois religiosos" e lembrou que o parecer da CEP será entregue à Santa Sé, que irá, entretanto, negociar este dossiê com o Governo Português.

José Policarpo referiu que o Governo ainda não solicitou a abertura das negociações com a Santa Sé.

As declarações do cardeal-patriarca foram realizadas na conferência de imprensa que marcou o encerramento dos trabalhos no último dia da 178ª Assembleia Plenária da CEP que começou na segunda-feira em Fátima.

fonte:http://economico.sapo.pt/

 

publicado por adm às 22:15 | comentar | favorito