Perderam milhões num segundo

Há milionários que, por distracção, destruíram carros, barcos ou obras de arte que valiam milhões.

Não é só nos mercados que os investidores e os milionários perdem dinheiro. Varias são as histórias de acidentes que fazem com que as perdas cheguem aos milhões.

Se perder em investimentos, na bolsa e nos negócios já põe os milionários de nervos em franja, imagine-se quando se perdem milhões devido a acidentes.

Steve Wynn, Ceo do Wynn Resorts tinha um negocio fechado: vender o Le Reve, um quadro de Picasso, por 139 milhões de dólares. Mas antes e sem querer, conseguiu estragar a tela com o cotovelo direito. Um dano que custou 40 milhões.

Mas é nos carros que as histórias aumentam. O dono do Chelsea decidiu encher o depósito do iate de 100 milhões de dólares. O problema é que os 165 mil dólares de gasolina que meteu serviram para nada... o iate anda a gasóleo.

Um milionário chinês tinha um Lamborghini que por varias vezes teve de voltar à oficina. Cansado dos problemas, Han, como é conhecido, mostrou que não segue o ditado que diz "paciência de chinês" pagou a um grupo de trabalhadores para simplesmente destruir o carro. Custava quase 206 mil dólares.

Mas certamente que ficar com o carro destruído não é uma alegria para ninguém, muito menos quando custa dois milhões de dólares. O acidente ocorreu porque o condutor milionário se distraiu com um... pelicano.

Mas se aqui falamos de agua, imaginemos um barco que custa mais de dois milhões de dólares e que assim que entra na agua. Afunda. Aconteceu na china.

Sem falar do milionário escocês que estava a viajar no helicóptero privado quando lhe telefonaram a dizer que o barco, um barco de 34 mil dólares, tinha sido roubado. Um mal nunca vem sozinho. O helicóptero caiu num lago. O dono sobreviveu, o barco foi encontrado, o helicóptero não voltou mais a voar.

Existem ainda sonhos difíceis de concretizar e chegar ao espaço é um deles. O fundador da Amazon quisr criar uma nave para levar turistas ao espaço. Construiu uma e conseguiu lança-la, um projecto milionário que acabou no ar. A experiencia correu mal e a nave teve de ser destruída.

E enquanto uns estragam milhões, outros vão gastando em brinquedos milionários. Como Leonardo DiCaprio, que foi o primeiro a comprar o primeiro híbrido fisher karma 2012 por 100 mil dólares ou Donald Trump que tem um Boeing 757 com cintos de segurança banhados a ouro.

Há quem tenha a sua própria ilha como Richard Branson ou outros que gastam mais de 16 milhões em brinquedos como Ferraris de colecção. Vidas de luxo que em nada estão ligadas a poupança.

fonte:http://economico.sapo.pt/no

 

 

publicado por adm às 23:04 | comentar | favorito