Estes gestores recebem pensões vitalícias

Cerca de 400 antigos políticos recebem subvenções vitalícias. Entre ele, estão os gestores que acumulam a pensão com o actual vencimento.

Carlos Melancia, ex-ministro e ex-governador de Macau, estreou-se na vida política em 1978. Por isso, hoje recebe a subvenção vitalícia mais alta ¿ 9.150 euros, de acordo com dados publicados «Diário de Notícias». 

Jorge Coelho recebe 2.400 euros, pelo tempo em que foi deputado e ministro adjunto.

Já a ex-deputada Zita Seabra recebe 3.000 euros, tal como o ex-ministro do Turismo Ferreira do Amaral.

A pensão de Armando Vara é de 2.000 euros pelas funções que desempenhou de deputado e ministro da Juventude.

Duarte Lima, antigo líder parlamentar do PSD, recebe mensalmente 2.200 euros, enquanto a pensão de Dias Loureiro atinge os 1.700.

Para ter direito às subvenções vitalícias bastavam 8 ou 12 anos de funções políticas. 

Em 2005, José Sócrates criou uma lei que extingue estas pensões, mas apenas a partir dessa data. Por isso, as subvenções são ainda um peso para o Estado. Só no ano passado, custaram quase 9 milhões de euros.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 22:47 | comentar | favorito