Conheça os impostos que vão subir em 2012

O IVA vai aumentar mesmo que o Governo não reduza a Taxa Social Única. As famílias que já este ano perdem metade do subsídio de Natal vão descontar menos com despesas de saúde e educação no próximo. As empresas perdem benefícios fiscais. Ao mesmo tempo, aumentam as taxas moderadoras e as portagens. Conclusão: as famílias e empresas vão sentir ainda mais o peso do Estado.

No IRS cortam-se as deduções fiscais, ou seja, as famílias vão descontar menos com despesas de saúde, educação e habitação e os mais ricos passam a pagar um imposto extraordinário.

No IRC, acabam as taxas reduzidas, cortam-se alguns benefícios fiscais e as empresas com maiores lucros contribuem com um imposto acrescido.

Só com o corte dos benefícios fiscais e dos descontos o Estado vai retirar às famílias e às empresas perto de 500 milhões de euros, de acordo com as contas da TVI.

O IMI também vai ser revisto, isto é, vai subir e todos os imóveis serão reavaliados no próximo ano, sendo que as isenções baixam para um máximo de três anos. Contas feitas, serão mais 170 milhões para o Estado.

O IVA também aumenta visto que mais produtos passam para os escalões mais elevados do imposto e assim o Estado retira aos consumidores 1.100 milhões de euros.

Os impostos sobre os combustíveis, tabaco e álcool sobem igualmente e vão gerar uma receita de 170 milhões e há ainda que contar com o aumento das portagens e das taxas moderadoras da saúde.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 23:43 | comentar | favorito
tags: