Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Noticias do momento

Noticias do momento

24
Jan16

Sampaio da Nóvoa é recebido na sede de campanha com aplausos

adm

Candidato presidencial já está na sede de candidatura, em Lisboa. À chegada foi aplaudido pelos apoiantes 

O relógio marcava 18h50 em ponto quando Sampaio da Nóvoa chegou à sede da sua candidatura, em Lisboa. Pilar del Rio, Edite Estrela e Vasco Lourenço são alguns dos apoiantes que aplaudiram a entrada do candidato. Nóvoa não quis fazer grandes comentários à entrada. Ainda assim, e sob um forte apluaso dos apoiantes, fez questão de admitir que estar com "muita confiança, alegria e tranquilidade". Com um sorriso rasgado. 

Questionado sobre qual o candidato que vai beneficiar mais com a abstenção, Sampaio da Nóvoa remeteu a resposta para mais tarde. "Nõ sei. Pergunte-me isso daqui a uma hora e pouco", arrumou. 

Sobre o discurso que fará daqui a algumas horas - se de vitória ou de derrota - o ex-reitor da Universidade de Lisboa adiantou que a reação será preparada depois das 20h, altura em que serão projetados os resultados eleitorais destas presidenciais. 

"Vai ser tudo feito na hora. Não vale a pena pensar em muitos cenários. Vale a pena estar disponível e com alegria. Foi sempre assim e será assim até ao último minuto", respondeu. 

Também Pedro Delgado Alves, diretor de campanha, fez uma primeira reação às projeções da abstenção. O deputado socialista começou por  destacar o facto destas eleições terem sido marcadas pelo "civismo" e pela "democracia", sem incidentes, sublinhando ainda a adesão dos portugueses que, segundo as projeções, terá sido maior do que nas últimas presidenciais, em 2011.

Ainda assim, Pedro Delgado Alves chamou a atenção para os eleitores fantasma que constam dos cadernos eleitorais. 

"Pensamos sempre que a abstenção é mais alta do que é na realidade. Os resultados da abstenção apesar de revelarem resultados mais positivos, seguramente são marcardos pela presença de eleitores que deles não deveriam constar", frisou Pedro Delgado Alves, numa primeira reação à projeção dos números da abstenção. 

fonte:http://www.sol.pt/

24
Jan16

Estimativa TVI: abstenção entre 48% e 51%

adm

A estimativa da TVI aponta para uma grande abstenção nestas eleições presidenciais. Entre 48% a 51% dos eleitores decidiram não ir votar. Ou seja, metade dos inscritos nos cadernos eleitorais.

Se se confirmar, será a maior abstenção de sempre numa primeira eleição. Em 2006, também uma primeira eleição, tinha ficado nos 38,5%. Já em relação a 2011 (mais de 53%), que foi uma eleição de recandidatura de Cavaco Silva, tudo aponta para uma abstenção ligeiramente inferior.

Hoje, a afluência às urnas era, até às 16:00 de hoje, de 37,69 por cento, segundo a Comissão Nacional de Eleições,

Nas últimas eleições presidenciais, em 23 de janeiro de 2011, à mesma hora, a afluência foi de 35,16 por cento. 

Para o sufrágio, estavam inscritos 9.741.792 eleitores, mais 85.318 do que em 2011. 

fonte:http://www.tvi24.iol.pt/

24
Jan16

Mandatário de Edgar Silva lamenta tanta abstenção

adm

O mandatário nacional da candidatura presidencial de Edgar Silva afirmou este domingo que a organização do concorrente apoiado pelo PCP fez "tudo ao alcance" para mobilizar o eleitorado, ao contrário de outras, lamentando assim a alta abstenção projetada. "[São níveis de abstenção] consideravelmente altos, tendo em conta que se situam quase no máximo em relação à abstenção verificada no último ato eleitoral... correspondendo àquilo que algumas candidaturas fizeram ou não fizeram no sentido esclarecer e mobilizar", criticou José Ernesto Cartaxo. Para o antigo presidente da Assembleia Municipal de Vila Franca de Xira e ex-membro do Comité Central do PCP a candidatura "fez tudo o que esteve ao seu alcance, com o candidato, os mandatários distritais e concelhios, quadros do partido, militantes e outros para esclarecer, mobilizar, organizar as pessoas para o voto, procurando incutir a importância deste ato eleitoral e o significado que assume num contexto em que é preciso valorizar os valores de Abril e concretizar e cumprir a Constituição". "É mau que haja tanta abstenção, mas pela nossa parte temos a sensação do dever cumprido. Fizemos tudo quanto estava ao nosso alcance, por forma a que [o eleitorado] exercesse o seu direito de voto", concluiu, recusando analisar qual o candidato mais beneficiado com a baixa taxa de participação. O deputado regional madeirense Edgar Silva chegou por volta das 16h30 ao centro de trabalho comunista da avenida da Liberdade, em Lisboa, após voar desde o Funchal, onde votou pelas 10h30.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/

24
Jan16

Presidenciais Projeções televisivas apontam para taxa de abstenção entre os 48% e os 53%

adm

A abstenção nas eleições presidenciais de hoje deverá ficar entre os 48% e os 53%, de acordo com as previsões avançadas às 19:00 por três estações televisivas (RTP, SIC e TVI).

 

Lisboa, 24 jan (Lusa) - A abstenção nas eleições presidenciais de hoje deverá ficar entre os 48% e os 53%, de acordo com as previsões avançadas às 19:00 por três estações televisivas (RTP, SIC e TVI).



DN/JRS/SF // SMA

Lusa/fim

04
Set15

FC Porto vai doar um euro por cada bilhete com o Chelsea

adm

O FC Porto informou hoje a UEFA que vai doar um euro por cada bilhete no jogo com o Chelsea, da Liga dos Campeões de futebol, para apoiar os migrantes e convida os restantes clubes a aderirem à iniciativa.

 

Na carta do FC Porto enviada hoje à UEFA, à qual a agência Lusa teve acesso, o presidente do clube, Pinto da Costa, sugere a Michel Platini, presidente do organismo europeu, que os restantes 31 clubes da edição desta época da 'Champions' também possam fazer o donativo de um euro por cada bilhete vendido na primeira partida que cada clube como anfitrião.

"A família do futebol tem uma longa tradição de solidariedade e responsabilidade social, é por isso impossível fechar os olhos ao drama dos migrantes e refugiados que tentam entrar em solo europeu", lê-se na carta, que termina com o lema "Let's play for the migrants!" (Vamos jogar pelos migrantes).

A Lusa fez as contas e como lotação do Estádio do Dragão são 50 mil lugares e, se no jogo com o Chelsea o recinto estiver esgotado, o valor que aquele clube pode angariar para os refugiados será na ordem dos 50 mil euros.

Perto de 365.000 migrantes e refugiados atravessaram o Mediterrâneo desde janeiro e mais de 2.700 morreram, de acordo com os dados divulgados hoje pela Organização Internacional para as Migrações.

Mais de 245.000 chegaram à Grécia e mais de 116.000 à Itália.

fonte:Lusa/SOL

04
Set15

Sócrates passa aniversário em casa

adm

José Sócrates vai conseguir passar o aniversário a casa, depois de ter sido libertado, esta sexta-feira, após nove meses de prisão preventiva. O antigo primeiro-ministro faz 58 anos, no domingo.

Depois de libertado, já não irá para o seu apartamento no edifício Heron Castilho, que entretanto vendeu, mas para uma outra casa que arrendou. Sócrates ficará sem pulseira eletrónica e não poderá entrar em contacto com Carlos Santos Silva, João Perna e Joaquim Barroca.

O ex-líder socialista foi detido a 21 de novembro de 2014, no aeroporto de Lisboa, e está indiciado pelos crimes de fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva para ato ilícito. 

fonte:http://www.sol.pt/

04
Set15

Sócrates vai para casa

adm

José Sócrates foi libertado depois de nove meses em prisão preventiva. O ex-primeiro ministro está indiciado pelos crimes de fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva para ato ilícito.

Segundo o Sol apurou, no despacho do juiz de Instrução Criminal Carlos Alexandre pode ler-se que o arguido passará a aguardar o julgamento “por ora” com medida de coacção de obrigação de permanência na habitação e proibição de contactos com os restantes arguidos e com pessoas ligadas ao Grupo Lena.

Ou seja, Sócrates ficará na sua habitação sem pulseira electrónica mas proibido de falar com o seu amigo Carlos Santos Silva, João Perna, Joaquim Barroca,

Contactado pelo SOL João Araújo não quis prestar qualquer declaração, confirmando apenas a saída do seu cliente.

Leia aqui o comunicado da PGR na íntegra:

Ao abrigo do disposto no art. 86.º, n.º 13, al. b) do Código de Processo Penal, a Procuradoria-Geral da República torna público o seguinte:

No âmbito do inquérito relativo à denominada “Operação Marquês”, o Ministério Público foi, hoje, notificado da decisão judicial de alteração das medidas de coação aplicadas ao arguido José Sócrates.

Assim, e na sequência da promoção do Ministério Público, o Tribunal Central de Instrução Criminal determinou que o arguido fique sujeito à obrigação de permanência na habitação (sem sujeição a vigilância electrónica), bem como à proibição de contactos, designadamente com outros arguidos no processo.

O Ministério Público promoveu a alteração da medida de coação, por considerar que, face à prova reunida desde a última reapreciação, se mostra reforçada a consolidação dos indícios, o que diminui o perigo de perturbação do inquérito. Neste período foram ouvidas cerca de dez pessoas e realizadas mais de 30 diligências de buscas.

O inquérito, que corre termos no Departamento Central de Investigação e Ação Penal, encontra-se em segredo de justiça.

A alteração da meus de coacão foi proposta pelo procurador titular do inquérito e acolhida pelo juiz, que considerou estar já consolidada a prova reunida no inquérito contra Sócrates e diminuído, portanto, o perigo de perturbação do mesmo.

Em nota à comunicação social, a Procuradoria-geral da República explica que o ex-primeiro-ministro vai ficar em prisão domiciliária, mas sem pulseira eletrónica -- que tinha recusado em junho, o que inviabilizou então a sua saída.

Além de não poder sair de casa,  Sócrates fica proibido de contactar os outros arguidos do processo Operação Marquês. A medida de coação é a mesma que foi aplicada. Ricardo Salgado, em julho, que está a ser vigiado por agentes da PSP, à porta de casa.

fonte:http://www.sol.pt/

26
Jul15

Número de beneficiários de subsídios de desemprego abaixo de 267.000 e em mínimos de 2003

adm

O número de beneficiários de apoios em situação de desemprego voltou a cair em junho, para 266.907 pessoas, sendo preciso recuar até novembro de 2003 para encontrar um valor mais baixo, segundo a Segurança Social.

De acordo com os números de junho divulgados na página da Segurança Social, menos 12.656 pessoas receberam prestações de desemprego quando comparando com maio (o que corresponde a -4,5%) e menos 61.223 pessoas a beneficiar destes apoios face ao mesmo mês de 2014 (-18,6%).

Além destas quedas, o número de beneficiários de subsídios de desemprego está em mínimos de novembro de 2003, quando 266.953 beneficiavam desta prestação social.

É no Porto que o número de beneficiários de prestações de emprego é maior (57.385), seguindo-se Lisboa (55.926), Setúbal (22.891) e Braga (21.627).

Entre as prestações, o subsídio de desemprego é a mais representativa: em junho 209.997 pessoas recebiam este subsídio, menos 10.789 pessoas do que no mês anterior (-4,8%).

Este valor já não era tão baixo desde fevereiro de 2009, altura em que 202.450 pessoas beneficiavam deste subsídio.

O subsídio de desemprego é atribuído a trabalhadores que perderam involuntariamente o seu emprego, que estejam disponíveis para trabalhar e inscritos no centro de emprego da sua área de residência e tenham trabalhado por conta de outrem em 360 dias ao longo dos últimos 24 meses.

fonte:Diário Digital com Lusa

05
Jul15

Vem aí uma semana de muito calor

adm

As temperaturas vão aumentar na próxima semana, com previsão dos termómetros marcarem 40 graus em vários dias, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). No entanto, o sol só vai brilhar na segunda e terça-feira. Nos restantes dias, os portugueses vão contar com céu muito nublado. Na segunda-feira, o IPMA prevê 32 graus para Lisboa, 31 para Faro e 24 para o Porto. Évora e Beja, no interior do País, vão ser os distritos mais quentes, com os termómetros a marcar 40 graus. Seguem-se Portalegre com 39 graus e Castelo Branco com 38. Já nas ilhas, a Madeira vai contar 24 graus no Funchal, céu pouco nublado e vento fraco. Os Açores, por sua vez, contam 25 graus em Santa Cruz e 24 em Ponta Delgada e Angra do Heroísmo.

Ligeira descida das temperaturas na terça-feira Na terça-feira, já com o céu um pouco nublado em vários pontos de Portugal continental a antecipar as nuvens que vão dominar o céu durante o resto da semana, Faro vai contar com 32 graus, Lisboa com 29 e o Porto mantém-se nos 24. Só em Coimbra, Santarém, Lisboa e Faro os portugueses vão poder usufruir de céu limpo. No entanto, de acordo com o IPMA, o distrito mais quente do País vai continuar a ser Beja, com 39 graus, seguindo-se Évora com 38 e Castelo Branco e Portalegre com 37.

fonte: http://www.cmjornal.xl.pt/

27
Mai15

Sevilha repete triunfo na Liga Europa

adm

O Sevilha conquistou hoje pelo segundo ano consecutivo a Liga Europa de futebol, ao derrotar na final, disputada em Varsóvia, os estreantes ucranianos do Dnipro por 3-2.

Kalinic, aos sete minutos, colocou a equipa ucraniana na frente e Rotan, aos 44, estabeleceu o empate 2-2 que se registava ao intervalo, depois de Krychowiak, aos 28, e de Bacca, aos 31, terem dado a volta para o Sevilha, que viu Bacca, aos 73, anotar o tento que lhe deu o triunfo definitivo, repetindo o triunfo na prova, depois de na época passada ter batido o Benfica em Turim, Itália, nas grandes penalidades.

Este triunfo permite ao Sevilha, que na próxima época entra diretamente na fase de grupos da Liga dos Campeões - uma novidade esta época -, elevar para quatro os seus troféus europeus, depois das vitórias nas finais da Taça UEFA, agora denominada Liga Europa, em 2005/2006 e 2006/2007.

fonte:Lusa/SOL

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D