24
Jan 16

Sampaio da Nóvoa é recebido na sede de campanha com aplausos

Candidato presidencial já está na sede de candidatura, em Lisboa. À chegada foi aplaudido pelos apoiantes 

O relógio marcava 18h50 em ponto quando Sampaio da Nóvoa chegou à sede da sua candidatura, em Lisboa. Pilar del Rio, Edite Estrela e Vasco Lourenço são alguns dos apoiantes que aplaudiram a entrada do candidato. Nóvoa não quis fazer grandes comentários à entrada. Ainda assim, e sob um forte apluaso dos apoiantes, fez questão de admitir que estar com "muita confiança, alegria e tranquilidade". Com um sorriso rasgado. 

Questionado sobre qual o candidato que vai beneficiar mais com a abstenção, Sampaio da Nóvoa remeteu a resposta para mais tarde. "Nõ sei. Pergunte-me isso daqui a uma hora e pouco", arrumou. 

Sobre o discurso que fará daqui a algumas horas - se de vitória ou de derrota - o ex-reitor da Universidade de Lisboa adiantou que a reação será preparada depois das 20h, altura em que serão projetados os resultados eleitorais destas presidenciais. 

"Vai ser tudo feito na hora. Não vale a pena pensar em muitos cenários. Vale a pena estar disponível e com alegria. Foi sempre assim e será assim até ao último minuto", respondeu. 

Também Pedro Delgado Alves, diretor de campanha, fez uma primeira reação às projeções da abstenção. O deputado socialista começou por  destacar o facto destas eleições terem sido marcadas pelo "civismo" e pela "democracia", sem incidentes, sublinhando ainda a adesão dos portugueses que, segundo as projeções, terá sido maior do que nas últimas presidenciais, em 2011.

Ainda assim, Pedro Delgado Alves chamou a atenção para os eleitores fantasma que constam dos cadernos eleitorais. 

"Pensamos sempre que a abstenção é mais alta do que é na realidade. Os resultados da abstenção apesar de revelarem resultados mais positivos, seguramente são marcardos pela presença de eleitores que deles não deveriam constar", frisou Pedro Delgado Alves, numa primeira reação à projeção dos números da abstenção. 

fonte:http://www.sol.pt/

publicado por adm às 20:26 | comentar | favorito

Estimativa TVI: abstenção entre 48% e 51%

A estimativa da TVI aponta para uma grande abstenção nestas eleições presidenciais. Entre 48% a 51% dos eleitores decidiram não ir votar. Ou seja, metade dos inscritos nos cadernos eleitorais.

Se se confirmar, será a maior abstenção de sempre numa primeira eleição. Em 2006, também uma primeira eleição, tinha ficado nos 38,5%. Já em relação a 2011 (mais de 53%), que foi uma eleição de recandidatura de Cavaco Silva, tudo aponta para uma abstenção ligeiramente inferior.

Hoje, a afluência às urnas era, até às 16:00 de hoje, de 37,69 por cento, segundo a Comissão Nacional de Eleições,

Nas últimas eleições presidenciais, em 23 de janeiro de 2011, à mesma hora, a afluência foi de 35,16 por cento. 

Para o sufrágio, estavam inscritos 9.741.792 eleitores, mais 85.318 do que em 2011. 

fonte:http://www.tvi24.iol.pt/

publicado por adm às 20:23 | comentar | favorito

Mandatário de Edgar Silva lamenta tanta abstenção

O mandatário nacional da candidatura presidencial de Edgar Silva afirmou este domingo que a organização do concorrente apoiado pelo PCP fez "tudo ao alcance" para mobilizar o eleitorado, ao contrário de outras, lamentando assim a alta abstenção projetada. "[São níveis de abstenção] consideravelmente altos, tendo em conta que se situam quase no máximo em relação à abstenção verificada no último ato eleitoral... correspondendo àquilo que algumas candidaturas fizeram ou não fizeram no sentido esclarecer e mobilizar", criticou José Ernesto Cartaxo. Para o antigo presidente da Assembleia Municipal de Vila Franca de Xira e ex-membro do Comité Central do PCP a candidatura "fez tudo o que esteve ao seu alcance, com o candidato, os mandatários distritais e concelhios, quadros do partido, militantes e outros para esclarecer, mobilizar, organizar as pessoas para o voto, procurando incutir a importância deste ato eleitoral e o significado que assume num contexto em que é preciso valorizar os valores de Abril e concretizar e cumprir a Constituição". "É mau que haja tanta abstenção, mas pela nossa parte temos a sensação do dever cumprido. Fizemos tudo quanto estava ao nosso alcance, por forma a que [o eleitorado] exercesse o seu direito de voto", concluiu, recusando analisar qual o candidato mais beneficiado com a baixa taxa de participação. O deputado regional madeirense Edgar Silva chegou por volta das 16h30 ao centro de trabalho comunista da avenida da Liberdade, em Lisboa, após voar desde o Funchal, onde votou pelas 10h30.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/

publicado por adm às 20:20 | comentar | favorito

Presidenciais Projeções televisivas apontam para taxa de abstenção entre os 48% e os 53%

A abstenção nas eleições presidenciais de hoje deverá ficar entre os 48% e os 53%, de acordo com as previsões avançadas às 19:00 por três estações televisivas (RTP, SIC e TVI).

 

Lisboa, 24 jan (Lusa) - A abstenção nas eleições presidenciais de hoje deverá ficar entre os 48% e os 53%, de acordo com as previsões avançadas às 19:00 por três estações televisivas (RTP, SIC e TVI).



DN/JRS/SF // SMA

Lusa/fim

publicado por adm às 20:17 | comentar | favorito
04
Set 15

FC Porto vai doar um euro por cada bilhete com o Chelsea

O FC Porto informou hoje a UEFA que vai doar um euro por cada bilhete no jogo com o Chelsea, da Liga dos Campeões de futebol, para apoiar os migrantes e convida os restantes clubes a aderirem à iniciativa.

 

Na carta do FC Porto enviada hoje à UEFA, à qual a agência Lusa teve acesso, o presidente do clube, Pinto da Costa, sugere a Michel Platini, presidente do organismo europeu, que os restantes 31 clubes da edição desta época da 'Champions' também possam fazer o donativo de um euro por cada bilhete vendido na primeira partida que cada clube como anfitrião.

"A família do futebol tem uma longa tradição de solidariedade e responsabilidade social, é por isso impossível fechar os olhos ao drama dos migrantes e refugiados que tentam entrar em solo europeu", lê-se na carta, que termina com o lema "Let's play for the migrants!" (Vamos jogar pelos migrantes).

A Lusa fez as contas e como lotação do Estádio do Dragão são 50 mil lugares e, se no jogo com o Chelsea o recinto estiver esgotado, o valor que aquele clube pode angariar para os refugiados será na ordem dos 50 mil euros.

Perto de 365.000 migrantes e refugiados atravessaram o Mediterrâneo desde janeiro e mais de 2.700 morreram, de acordo com os dados divulgados hoje pela Organização Internacional para as Migrações.

Mais de 245.000 chegaram à Grécia e mais de 116.000 à Itália.

fonte:Lusa/SOL

publicado por adm às 21:09 | comentar | favorito
tags: ,

Sócrates passa aniversário em casa

José Sócrates vai conseguir passar o aniversário a casa, depois de ter sido libertado, esta sexta-feira, após nove meses de prisão preventiva. O antigo primeiro-ministro faz 58 anos, no domingo.

Depois de libertado, já não irá para o seu apartamento no edifício Heron Castilho, que entretanto vendeu, mas para uma outra casa que arrendou. Sócrates ficará sem pulseira eletrónica e não poderá entrar em contacto com Carlos Santos Silva, João Perna e Joaquim Barroca.

O ex-líder socialista foi detido a 21 de novembro de 2014, no aeroporto de Lisboa, e está indiciado pelos crimes de fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva para ato ilícito. 

fonte:http://www.sol.pt/

publicado por adm às 21:09 | comentar | favorito

Sócrates vai para casa

José Sócrates foi libertado depois de nove meses em prisão preventiva. O ex-primeiro ministro está indiciado pelos crimes de fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva para ato ilícito.

Segundo o Sol apurou, no despacho do juiz de Instrução Criminal Carlos Alexandre pode ler-se que o arguido passará a aguardar o julgamento “por ora” com medida de coacção de obrigação de permanência na habitação e proibição de contactos com os restantes arguidos e com pessoas ligadas ao Grupo Lena.

Ou seja, Sócrates ficará na sua habitação sem pulseira electrónica mas proibido de falar com o seu amigo Carlos Santos Silva, João Perna, Joaquim Barroca,

Contactado pelo SOL João Araújo não quis prestar qualquer declaração, confirmando apenas a saída do seu cliente.

Leia aqui o comunicado da PGR na íntegra:

Ao abrigo do disposto no art. 86.º, n.º 13, al. b) do Código de Processo Penal, a Procuradoria-Geral da República torna público o seguinte:

No âmbito do inquérito relativo à denominada “Operação Marquês”, o Ministério Público foi, hoje, notificado da decisão judicial de alteração das medidas de coação aplicadas ao arguido José Sócrates.

Assim, e na sequência da promoção do Ministério Público, o Tribunal Central de Instrução Criminal determinou que o arguido fique sujeito à obrigação de permanência na habitação (sem sujeição a vigilância electrónica), bem como à proibição de contactos, designadamente com outros arguidos no processo.

O Ministério Público promoveu a alteração da medida de coação, por considerar que, face à prova reunida desde a última reapreciação, se mostra reforçada a consolidação dos indícios, o que diminui o perigo de perturbação do inquérito. Neste período foram ouvidas cerca de dez pessoas e realizadas mais de 30 diligências de buscas.

O inquérito, que corre termos no Departamento Central de Investigação e Ação Penal, encontra-se em segredo de justiça.

A alteração da meus de coacão foi proposta pelo procurador titular do inquérito e acolhida pelo juiz, que considerou estar já consolidada a prova reunida no inquérito contra Sócrates e diminuído, portanto, o perigo de perturbação do mesmo.

Em nota à comunicação social, a Procuradoria-geral da República explica que o ex-primeiro-ministro vai ficar em prisão domiciliária, mas sem pulseira eletrónica -- que tinha recusado em junho, o que inviabilizou então a sua saída.

Além de não poder sair de casa,  Sócrates fica proibido de contactar os outros arguidos do processo Operação Marquês. A medida de coação é a mesma que foi aplicada. Ricardo Salgado, em julho, que está a ser vigiado por agentes da PSP, à porta de casa.

fonte:http://www.sol.pt/

publicado por adm às 21:08 | comentar | favorito
26
Jul 15

Número de beneficiários de subsídios de desemprego abaixo de 267.000 e em mínimos de 2003

O número de beneficiários de apoios em situação de desemprego voltou a cair em junho, para 266.907 pessoas, sendo preciso recuar até novembro de 2003 para encontrar um valor mais baixo, segundo a Segurança Social.

De acordo com os números de junho divulgados na página da Segurança Social, menos 12.656 pessoas receberam prestações de desemprego quando comparando com maio (o que corresponde a -4,5%) e menos 61.223 pessoas a beneficiar destes apoios face ao mesmo mês de 2014 (-18,6%).

Além destas quedas, o número de beneficiários de subsídios de desemprego está em mínimos de novembro de 2003, quando 266.953 beneficiavam desta prestação social.

É no Porto que o número de beneficiários de prestações de emprego é maior (57.385), seguindo-se Lisboa (55.926), Setúbal (22.891) e Braga (21.627).

Entre as prestações, o subsídio de desemprego é a mais representativa: em junho 209.997 pessoas recebiam este subsídio, menos 10.789 pessoas do que no mês anterior (-4,8%).

Este valor já não era tão baixo desde fevereiro de 2009, altura em que 202.450 pessoas beneficiavam deste subsídio.

O subsídio de desemprego é atribuído a trabalhadores que perderam involuntariamente o seu emprego, que estejam disponíveis para trabalhar e inscritos no centro de emprego da sua área de residência e tenham trabalhado por conta de outrem em 360 dias ao longo dos últimos 24 meses.

fonte:Diário Digital com Lusa

publicado por adm às 11:16 | comentar | favorito
05
Jul 15

Vem aí uma semana de muito calor

As temperaturas vão aumentar na próxima semana, com previsão dos termómetros marcarem 40 graus em vários dias, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). No entanto, o sol só vai brilhar na segunda e terça-feira. Nos restantes dias, os portugueses vão contar com céu muito nublado. Na segunda-feira, o IPMA prevê 32 graus para Lisboa, 31 para Faro e 24 para o Porto. Évora e Beja, no interior do País, vão ser os distritos mais quentes, com os termómetros a marcar 40 graus. Seguem-se Portalegre com 39 graus e Castelo Branco com 38. Já nas ilhas, a Madeira vai contar 24 graus no Funchal, céu pouco nublado e vento fraco. Os Açores, por sua vez, contam 25 graus em Santa Cruz e 24 em Ponta Delgada e Angra do Heroísmo.

Ligeira descida das temperaturas na terça-feira Na terça-feira, já com o céu um pouco nublado em vários pontos de Portugal continental a antecipar as nuvens que vão dominar o céu durante o resto da semana, Faro vai contar com 32 graus, Lisboa com 29 e o Porto mantém-se nos 24. Só em Coimbra, Santarém, Lisboa e Faro os portugueses vão poder usufruir de céu limpo. No entanto, de acordo com o IPMA, o distrito mais quente do País vai continuar a ser Beja, com 39 graus, seguindo-se Évora com 38 e Castelo Branco e Portalegre com 37.

fonte: http://www.cmjornal.xl.pt/

publicado por adm às 15:13 | comentar | favorito
tags:
27
Mai 15

Sevilha repete triunfo na Liga Europa

O Sevilha conquistou hoje pelo segundo ano consecutivo a Liga Europa de futebol, ao derrotar na final, disputada em Varsóvia, os estreantes ucranianos do Dnipro por 3-2.

Kalinic, aos sete minutos, colocou a equipa ucraniana na frente e Rotan, aos 44, estabeleceu o empate 2-2 que se registava ao intervalo, depois de Krychowiak, aos 28, e de Bacca, aos 31, terem dado a volta para o Sevilha, que viu Bacca, aos 73, anotar o tento que lhe deu o triunfo definitivo, repetindo o triunfo na prova, depois de na época passada ter batido o Benfica em Turim, Itália, nas grandes penalidades.

Este triunfo permite ao Sevilha, que na próxima época entra diretamente na fase de grupos da Liga dos Campeões - uma novidade esta época -, elevar para quatro os seus troféus europeus, depois das vitórias nas finais da Taça UEFA, agora denominada Liga Europa, em 2005/2006 e 2006/2007.

fonte:Lusa/SOL

publicado por adm às 21:58 | comentar | favorito
tags: